Grêmio sofre para vencer, mas garante vaga

O Grêmio venceu a Sociedade Esportiva e Recreativa Chapadão (Serc) por 2 a 1 nesta quarta-feira, em Porto Alegre, e está classificado para enfrentar o Londrina na segunda fase da Copa do Brasil. Em vez de um jogo fácil, como esperava, o tricolor gaúcho teve grandes dificuldades, tanto para abrir o placar quanto, depois, para segurar a vantagem.Na retranca, o Chapadão só deixou Toti no ataque e esperou o Grêmio no seu campo. O tricolor gaúcho entregou-se à marcação e não teve nem velocidade e nem criatividade para abrir espaços e furar o bloqueio. Preferiu ficar tocando a bola para os lados, sem partir para o ataque.Só no início do segundo tempo é que Christian, cabeceando uma bola cruzada por George, conseguiu exigir uma boa defesa de Samir. Os torcedores se animaram com o que parecia uma nova disposição do Grêmio.Mas o Chapadão esfriou os ânimos gaúchos com um chute de Edinho, que Tavarelli defendeu parcialmente e que bateu no poste. Aos 19 minutos, quando a torcida vaiava a impotência do time, o Grêmio encontrou o gol. Marcelinho partiu da lateral esquerda, ultrapassou um marcador e acertou um chute de longe, fazendo o 1 a 0 que aliviou os gremistas.Dois minutos depois, o mesmo Marcelinho, bem colocado, pegou o rebote de uma dividida entre Claúdio Pitbull e o goleiro Samir e fez 2 a 0. O Chapadão descontou aos 29 minutos, num pênalti sofrido por Toti que Zé Maria cobrou, e deixou a torcida insegura até o fim. Se fizesse o segundo gol, eliminaria o time quatro vezes campeão da competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.