Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Grêmio supera Brasil de Pelotas e volta à final do Gaúcho após três anos

Clube de Porto Alegre não jogava uma decisão estadual desde 2011, quando perdeu para o Inter

AE, Agência Estado

26 de março de 2014 | 22h09

PORTO ALEGRE - O Grêmio venceu o Brasil de Pelotas por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em casa, e garantiu vaga na final do Campeonato Gaúcho. O clube de Porto Alegre não joga uma decisão estadual desde 2011, quando caiu nos pênaltis diante do Internacional no jogo que valeu o título, um ano depois de ter se sagrado campeão da competição.

O atacante Luan, com um gol polêmico e assistência para Dudu marcar, foi o destaque do triunfo na Arena Grêmio, onde a equipe da casa levou a melhor diante de um público de 22.250 torcedores no jogo único válido pela semifinal. Ainda nesta quarta, no confronto que definirá o outro finalista, o Inter enfrentará o Caxias no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo.

No duelo desta quarta, o Brasil de Pelotas foi o primeiro a criar a melhor chance de marcar um gol, aos 23 minutos do primeiro tempo, quando Tulio Souza aproveitou uma sobra dentro da área e deu uma meia-bicicleta que passou à esquerda de Marcelo Grohe.

Já o Grêmio, sofrendo com a dura marcação do Brasil de Pelotas, só foi criar a sua primeira oportunidade real aos 35. Barcos ganhou disputa pelo alto fora da área e a bola sobrou para Ramiro finalizar forte de longe e obrigar Luiz Müller a praticar boa defesa.

Logo em seguida, porém, aos 38, saiu o primeiro gol gremista. Após rápida trama do ataque, Luan deu na esquerda para Dudu, livre pelo lado direito, chutar cruzado. Fernando Cardozo tentou cortar, com o goleiro já batido, mas marcou contra o gol que a arbitragem acabou creditando mesmo a Dudu.

Já na etapa final, logo após Ramiro quase marcar em forte chute cruzado no primeiro ataque gremista no período, o time da casa ampliou em um lance polêmico, aos 4 minutos. O lateral Wender tentou cortar a bola como último homem da defesa e Luan, que vinha no abafa, usou o braço para se proteger da bolada e depois se aproveitou do rebote e partiu livre em direção ao gol. Em seguida, driblou Luiz Müller e tocou para o gol vazio.

O Brasil de Pelotas ainda descontou o placar aos 40 minutos, quando Gustavo Papa completou cruzamento da direita de Raulen e cabeceou para as redes. Após o gol, o time visitante pressionou em busca do empate, mas os gremistas conseguiram administrar a vantagem.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato GaúchoGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.