Divulgação/Grêmio
Divulgação/Grêmio

Grêmio supera o Cruzeiro no Mineirão na abertura do Brasileirão

André marcou o único gol do time gaúcho em triunfo fora de casa na estreia da competição nacional

Estadão Conteúdo

14 Abril 2018 | 18h26

O Grêmio começou bem o Campeonato Brasileiro. Campeão gaúcho, o time de Renato Gaúcho venceu o Cruzeiro, que levou o título mineiro, por 1 a 0, no Mineirão, com gol do estreante André, neste sábado, pela primeira rodada da competição nacional.

+ TEMPO REAL - Confira os lances da partida

+ Leia mais notícias sobre o Grêmio

+ Leia mais notícias sobre o Cruzeiro

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro

O duelo entre dois times considerados favoritos ao título brasileiro começou quente. Com apenas oito minutos, o Grêmio já assustou, em uma bicicleta de André da entrada da grande área, mas pela linha de fundo. Depois, aos 19, foi a vez de Marcelo Grohe defender uma testada do zagueiro Dedé, após cobrança de falta de Robinho. O Cruzeiro chegou de novo na sequência, desta vez com o cabeceio de Henrique, que estufou as redes, porém, pelo lado de fora.

Na reta final do primeiro tempo, o jogo caiu de produção. A marcação passou a ser prioridade e os times fecharam os espaços, se soltando bem menos. Com isso, os goleiros passaram a ser coadjuvantes. O Grêmio, mesmo jogando fora de casa, passou a se sentir confortável em tocar a bola, mantendo o controle da partida e ditando o ritmo. Do outro lado, o Cruzeiro arriscava na velocidade, buscando surpreender.

A bola só foi tocar o fundo das redes aos nove minutos do segundo tempo, em bela jogada pela esquerda de Ramiro. O volante recebeu de Léo Moura, conseguiu sair da marcação de Egídio e cruzou de três dedos na direção da primeira trave. Everton escorou de cabeça e André, em sua primeira partida com o time gaúcho, se esticou na segunda trave para completar, sem chances para o goleiro Fábio.

Sentindo a desvantagem, o Cruzeiro passou a se incomodar com o controle da posse de bola pelo adversário. Aos 27 minutos, Arrascaeta recebeu um lançamento pela esquerda e sairia em condições de marcar, mas foi derrubado por Kannemann fora da grande área. O zagueiro chegou atrasado com um carrinho forte e acabou recebendo o cartão vermelho. Mesmo com um a mais em campo, o time da casa não conseguiu ameaçar a vitória gaúcha. No final os próprios jogadores mineiros reconheceram a má jornada e deram méritos aos gaúchos.

No próximo domingo, às 16 horas, o Cruzeiro viaja para enfrentar o Fluminense no Maracanã, no Rio, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Grêmio recebe o Atlético-PR, também no domingo, mas às 19 horas.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0 X 1 GRÊMIO

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral (Mancuello), Robinho (Rafael Marques), Thiago Neves e Arrascaeta; Rafael Sóbis (Sassá). Técnico: Mano Menezes.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Paulo Miranda, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Jailson), Arthur, Ramiro, Cícero e Everton (Michel); André (Bressan). Técnico: Renato Gaúcho.

GOL: André, aos nove minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO: Rodolpho Toski Marques (PR).

CARTÕES AMARELOS: Dedé e Ariel Cabral (Cruzeiro); Ramiro (Grêmio).

CARTÃO VERMELHO: Kannemann (Grêmio).

RENDA: R$ 418.305.

PÚBLICO: 15.446 pagantes (19.285 total).

LOCAL: Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.