Grêmio teme adversário "desconhecido"

O Grêmio faz seu segundo jogo na Copa Libertadores da América nesta quarta-feira, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, apreensivo com a falta de conhecimento sobre o adversário, o peruano Cienciano. Outra preocupação do técnico Tite é evitar que seus jogadores se acomodem, como aconteceu na última partida da equipe, sábado passado, pela Copa Sul-Minas: empate em casa com o Joinville.Tite tem apenas duas dúvidas para o jogo desta quarta-feira. O meia Zinho e o atacante Rodrigo Fabri, ambos com dores musculares, dependem de novas avaliações médicas para serem liberados. Caso eles não joguem, os substitutos já estão definidos: Valdo e Fábio Baiano.Para conhecer melhor o Cienciano, Tite conseguiu algumas fitas de vídeo com jogos do vice-campeão peruano. No ano passado, o time de Cuzco venceu o Torneio Clausura, no segundo semestre, mas perdeu a decisão anual para o Alianza de Lima, vencedor do Apertura.Jogando a Libertadores pela primeira vez em sua história, o Cienciano goleou o 12 de Outubro, do Paraguai, por 3 a 0, em casa, e perdeu para o Oriente Petrolero, por 3 a 1, na Bolívia. O Grêmio jogou apenas uma vez e ganhou do Oriente Petrolero, em Santa Cruz de la Sierra, por 4 a 2.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.