Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Grêmio tenta manter o bom retrospecto na Vila Belmiro diante do Santos

Nos dez últimos jogos no estádio paulista, time gaúcho somou pontos em oito, vencendo três vezes

Redação, Estadão Conteúdo

11 de outubro de 2020 | 11h19

Ganhar do Santos na Vila Belmiro não é nada fácil. O time ficou mais de um ano sem perder no estádio entre 2018 e 2019. Foi o Grêmio quem acabou com a marca, na edição passada do Brasileirão. Neste domingo, os gaúchos voltam ao estádio, às 16 horas, dispostos a manter o ótimo retrospecto recente diante do rival.

Depois de desencantar diante do Coritiba e dar um salto na classificação, o time gaúcho espera somar um novo bom resultado para começar a "fazer sombra" no bloco de cima da tabela. Triunfo na Vila Belmiro significará figurar entre os 10 primeiros.

No Brasileirão do ano passado o Grêmio não apenas ganhou na Vila Belmiro, como colocou o rival em pequena crise após vitória maiúscula por 3 a 0. Nos dez últimos jogos lá, somou pontos em oito, vencendo três vezes.

Depois de "quase" retomar ao time titular duas vezes, desta vez Maicon não é mais dúvida. Recuperado de lesão muscular, assume a vaga do suspenso Matheus Henrique. Assim como Alisson, que foi poupado frente o Coritiba por causa do desgaste físico, retorna.

As maiores dúvidas de Renato Gaúcho passam pelas laterais. Na direita, Orejuela deu lugar a Victor Ferraz no meio de semana. Pode retornar em Santos. Já na esquerda, Diogo Barbosa substituiu o titular Bruno Cortez muito bem, com direito a assistência, e pode ganhar nova chance.

O Grêmio tem um jogo a menos na competição e tenta engatar série de vitórias para tentar encostar no G4, ainda um sonho distante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.