Grêmio tenta o primeiro passo para voltar à Libertadores

O Grêmio precisa de dois passos para voltar à disputa da Copa Libertadores da América. O primeiro é ao menos empatar com o Botafogo, neste domingo, às 17 horas, no Estádio Olímpico, para garantir a quarta colocação do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

05 de dezembro de 2010 | 08h37

O segundo só poderá ser dado na próxima quarta, quando o time gaúcho torcerá para o Independiente conquistar a Copa Sul-Americana diante do Goiás e, assim, ser confirmado como o sexto representante brasileiro no principal torneio do continente.

A principal preocupação gremista é fazer a parte que lhe cabe. Dono da melhor campanha do segundo turno, o time, quarto colocado, com 60 pontos, tem um confronto direto com o Botafogo, quinto, com 59.

A partida também pode valer um final de ano especial para Jonas. Próximo de assegurar a artilharia do Campeonato Brasileiro - tem 22 gols, cinco a mais que Neymar -, ele pode superar o atacante santista no total de gols na temporada. O gremista tem 41 gols, um a menos que o concorrente.

O técnico Renato Gaúcho não tem problemas para a partida e convocou a torcida para empurrar o Grêmio. A previsão é de um Olímpico pintado de azul, preto e branco neste domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.