Grêmio tenta se adaptar ao campo com grama sintética

O Grêmio reclamou bastante e chegou a pedir a mudança do local do jogo contra o Cruzeiro de Porto Alegre pela semifinal do segundo turno do Campeonato Gaúcho. Mas não conseguiu tirar a partida deste sábado do Estádio Passo D''Areia, um campo com grama sintética. Assim, restou ao elenco gremista se adaptar ao gramado diferente.

AE, Agência Estado

22 de abril de 2011 | 13h49

Para isso, o técnico Renato Gaúcho comandou na manhã desta sexta-feira um treino no Estádio Passo D´Areia. Ele aproveitou, principalmente, para trabalhar jogadas de bola parada, mas os jogadores puderam ter maior contato com a grama sintética - no primeiro turno, o Grêmio jogou lá, mas estava com o time praticamente reserva.

Após o treino, Renato Gaúcho revelou que já definiu o time para o jogo deste sábado, mas não quis adiantar a escalação. Ele garantiu, porém, que o Grêmio entrará em campo concentrado apenas no Cruzeiro, esquecendo momentaneamente a partida de terça-feira, contra a Universidad Católica, pela Libertadores.

"Não adianta o jogador entrar em campo querendo se poupar pensando na Libertadores. Nosso foco é chegar na final da Taça Farroupilha (segundo turno do Campeonato Carioca) no próximo final de semana", avisou Renato Gaúcho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.