Grêmio terá Gilberto contra o Santos

O Grêmio que enfrenta o Santos neste sábado, em Porto Alegre, é um time em crise técnica que sente o peso das cobranças de uma torcida que exige vitórias. Tão difícil como vencer o adversário será controlar os próprios nervos, algo que os jogadores não foram capazes de fazer na quarta-feira, quando perderam para o São Paulo por 4 a 0 e apelaram para a violência para evitar goleada ainda maior. A esperança dos gremistas já não está depositada em algum jogador, mas no retiro que o time faz em Canela, na Serra Gaúcha, para preparar pernas e mentes para sair da zona de rebaixamento. Palestras com psicólogos e treinos distante da torcida foram as fórmulas para acalmar o time e deixá-lo confiante. Ao mesmo tempo, uma nova regra tenta conter os jogadores mais descontrolados. A partir de agora, quem for expulso, será multado. No campo, o time voltará a contar com o ala-esquerdo Gilberto, depois de 39 dias. Ele havia se afastado por não se conformar com o atraso dos salários e acabou retornando ao Olímpico depois de um acordo. O desfalque é o ala-direito Anderson Lima, suspenso, que será substituído por George.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.