Grêmio treina no Paraguai e encerra preparação para enfrentar o Guaraní

Tricolor enfrenta paraguaios pela 3ª rodada do Grupo 8 da Libertadores

Estadão Conteúdo

19 de abril de 2017 | 20h02

O elenco do Grêmio treinou nesta quarta-feira no estádio Emanuel Ferreira, casa do Olímpia, do Paraguai, e encerrou a sua preparação para enfrentar o Guaraní, nesta quinta, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, em partida válida pela terceira rodada do Grupo 8 da Copa Libertadores.

Líder da chave com os mesmos seis pontos do Guaraní, o Grêmio treinou por pouco mais de uma hora, em uma atividade que se dividiu entre um trabalho físico e um recreativo, disputado por todos os 27 atletas que compõem a delegação.

Sem comandar nenhuma atividade tática, assim, o técnico Renato Gaúcho manteve a dúvida para a escalação desta quinta-feira. O treinador chegou a poupar Edílson, Léo Moura e Miller Bolaños no treino da última terça, pensando no jogo da volta da semifinal do Campeonato Gaúcho contra o Novo Hamburgo, neste domingo. Mas eles participaram do recreativo nesta quarta e devem ser escalados.

"O Renato não falou em nenhum momento de poupar jogadores. Ele disse para todo elenco estar preparado e que, a hora que precisar, ele colocará para jogar", revelou Edílson, em entrevista realizada nesta quarta-feira. "Todo atleta que veste a camisa do Grêmio precisa estar preparado. É isto que importa".

Um dos principais cotados para ficar com a vaga caso algum jogador seja poupado, o atacante paraguaio Lucas Barrios também minimizou a possibilidade. "Ainda não sabemos quem vai jogar", despistou. "Precisam estar todos preparados e fazer o melhor para o time, pois estamos em primeiro junto com o Guaraní. Será um jogo muito bom".

Tudo o que sabemos sobre:
GrêmiofutebolGrêmioLibertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.