Grêmio vence Avaí com 2 gols de Jonas em Florianópolis

Com dois gols de Jonas, o Grêmio deixou o Avaí ainda mais perto da zona de rebaixamento ao vencer por 3 a 0, neste domingo, em Florianópolis. A derrota fez aumentar para dez a série consecutiva de partidas sem vitória da equipe catarinense, sendo nove pelo Campeonato Brasileiro e uma pela Copa Sul-Americana. Foram sete derrotas e três empates, desempenho que pode causar a demissão do técnico Antônio Lopes nesta segunda-feira. Pelo menos este foi o pedido da torcida em protesto após o jogo no estádio da Ressacada: "adeus Lopes, adeus Lopes...". Foi a 16ª partida de Lopes no comando do Avaí com apenas quatro vitórias.

JÚLIO CASTRO, Agência Estado

19 de setembro de 2010 | 21h05

Veja também:

SÉRIE A - tabela Classificação | listaCalendário/Resultados

A vitória fez o Grêmio subir para a 11ª posição no Brasileirão, agora com 29 pontos. Na quarta-feira, em Porto Alegre, o time gaúcho jogará diante do Flamengo pela 24ª rodada. Já o Avaí caiu para 16º com 25 pontos. O time catarinense volta a jogar na quinta-feira, em Salvador, contra o Vitória. E o atacante Jonas, com os gols deste domingo, se tornou o artilheiro do Brasileirão, com 11.

O Avaí apostou na juventude de seu time, suportou bem a pressão inicial, porém sucumbiu a experiência dos principais jogadores da equipe gaúcha no primeiro tempo. O time catarinense criou boas oportunidades, mas esbarrou na boa defesa do Grêmio e na ineficiência de seus atacantes. O meia Jeferson, por exemplo, foi o primeiro a exigir grande defesa do goleiro Victor aos 12 minutos, quando recebeu um cruzamento do ala Patric e chutou para boa intervenção do gremista.

Aos 18 minutos, foi a vez do atacante Rafael Costa se aproveitar do erro na saída de bola do Grêmio. Ele invadiu a área e chutou para Victor evitar a abertura do placar. Mas aos 35 minutos veio a resposta do Grêmio. O atacante Jonas recebeu na entrada da área, avançou livrando-se de dois marcadores e chutou rasteiro para marcar o primeiro gol da partida.

Em desvantagem, o Avaí entrou completamente perdido no segundo tempo e não conseguiu esboçar uma reação. Coeso e com o jogo sob controle, o Grêmio marcou o segundo aos 19 minutos através de André Lima ao finalizar de cabeça uma cobrança de falta levantada na marca do pênalti pelo meia Douglas.

O segundo gol desajustou o Avaí por completo, sem forças para impedir o domínio gremista. Sem muitas dificuldades, o atacante Jonas fez o terceiro gol ao receber uma assistência Douglas em contra-ataque aos 27 minutos. Diante de uma defesa desarrumada, ele ainda teve tempo para parar e escolher o melhor ângulo e marcar seu segundo gol na partida. No restante do jogo, o que se viu foi um Grêmio absoluto em campo, embalado por um uníssono grito de olé de seus cerca de 1.500 torcedores. 

AVAÍ - 0 - Renan; Patric, Gabriel, Rafael (Sávio), Leo San; Marcinho Guerreiro, Leandro Bonfim, Caio e Jeferson (Eltinho); Rafael Costa e Laércio (Marcelinho). Técnico: Antônio Lopes.

GRÊMIO - 3 - Victor; Gabriel, Vilson, Rafael Marques e Fábio Santos; Adilson (Ferdinando), Fábio Rochemback, Souza (Roberson) e Douglas; Jonas e André Lima (Lúcio). Técnico: Renato Gaúcho.

Gols - Jonas, aos 36 minutos do primeiro tempo. André Lima, aos 19 e Jonas aos 27 minutos do segundo tempo; Cartões amarelos - Leandro Bonfim, Rafael, Patric (Avaí). Adilson e Fábio Rochemback (Grêmio); Árbitro - Wilson Pereira Sampaio (DF); Público - 9.146 presentes; Renda: - R$ 69.630,00; Local - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.