Grêmio vence e frustra estreia de Joel Santana no Bahia

Gaúchos vencem por 2 a 1 jogando em Salvador e se afastam da zona de rebaixamento

Eliana Lima, Agência Estado

08 de setembro de 2011 | 22h56

SALVADOR - O Grêmio derrotou o Bahia por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, no Estádio Pituaçu, em Salvador, e acabou frustrando a estreia do técnico Joel Santana no time baiano. Foi a segunda vitória gremista consecutiva, afastando o clube gaúcho da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Embalado pela goleada sobre o Atlético-PR na rodada anterior, o Grêmio ganhou também nesta quinta-feira e chegou aos 27 pontos, agora em 13.º lugar no campeonato. Além disso, deixou o Bahia, um rival direto na luta contra o rebaixamento, parado nos 24 pontos, ainda na 16.ª colocação.

Mesmo empolgado pela estreia de Joel Santana, que chegou para substituir o demitido René Simões, o Bahia não conseguiu segurar o Grêmio no primeiro tempo. Aos 28 minutos, Julio Cesar avançou pela esquerda e cruzou na cabeça do atacante Brandão, que fez 1 a 0.

Logo depois, o Grêmio conseguiu ampliar. Aos 35 minutos, o meia Douglas fez linda jogada e cruzou para Brandão cabecear. Dessa vez, porém, a bola bateu no travessão. Mas, no rebote, Escudero acertou um chute forte, sem chance de defesa para o goleiro, e fez 2 a 0.

No final do primeiro tempo, o Grêmio ainda poderia ter conseguido uma vantagem maior, quando teve um pênalti a seu favor. Mas Douglas cobrou mal e mandou a bola para longe do gol. Assim, deu esperanças ao Bahia, para tentar uma reação na segunda etapa.

No segundo tempo, então, Joel Santana colocou Maranhão no lugar de Jancarlos, fazendo com que Marcos retornasse para a sua posição de origem, na lateral direita. O resultado foi um time bem melhor em campo, passando a pressionar o Grêmio.

Aos 12 minutos, portanto, o atacante Souza, em cobrança de pênalti feito em cima de Reinaldo, bateu firme e descontou para o Bahia. Depois disso, o time da casa cresceu na partida, buscando o empate, mas sem mostrar a mesma garra apresentada na vitória de domingo sobre o Flamengo.

Aos 30 minutos, pouco depois de entrar em campo, Jones chutou de fora da área, mas Victor espalmou para longe, evitando o empate do Bahia. E aos 40, mais uma grande defesa do goleiro gremista: Carlos Alberto fez uma boa jogada e cruzou para Jones cabecear, mas a bola não entrou.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 X 2 GRÊMIO

Bahia - Tiago; Jancarlos (Maranhão), Paulo Miranda, Titi e Marcos; Fahel, Fabinho, Ricardinho (Jones) e Carlos Alberto; Reinaldo e Souza (Júnior). Técnico - Joel Santana

Grêmio - Victor; Mário Fernandes, Edcarlos, Saimon e Julio Cesar; Fábio Rochemback, Fernando, Marquinhos (Leandro), Douglas (Gabriel) e Escudero (Adilson); Brandão. Técnico - Celso Roth

Gols - Brandão, aos 28, e Escudero, aos 35 minutos do primeiro tempo; Souza (pênalti), aos 12 minutos do segundo tempo

Árbitro - Felipe Gomes da Silva (RJ)

Cartões amarelos - Titi, Ricardinho, Souza, Fabinho, Brandão, Mário Fernandes, Fábio Rochemback, Saimon e Victor

Local - Estádio Pituaçu, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.