Grêmio vence e garante vaga na semifinal do 1.º turno

O Grêmio venceu o Veranópolis por 4 a 2 nesta quarta-feira, no Estádio Olímpico, e se classificou para uma das semifinais do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. Seu adversário será o Internacional de Santa Maria, que derrotou o São José por 2 a 0, em Porto Alegre. O outro cruzamento das semifinais será definido nesta quinta-feira, nos jogos entre Internacional x Juventude e Novo Hamburgo x São Luiz.

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

18 de fevereiro de 2010 | 00h21

Ao contrário do que ocorreu em oito das nove rodadas da fase classificatória, desta vez o Grêmio largou na frente, com um gol de Jonas, em jogada individual, aos dez minutos de jogo. Mesmo assim, o time da casa passou boa parte do primeiro tempo acossado pelo adversário e só manteve a vantagem porque Victor fez três boas defesas em conclusões de Kito, Eduardinho e Marquinhos. A torcida só respirou aliviada aos 36 minutos, quando Borges recebeu um passe de Fábio Rochemback e desviou a bola do goleiro para fazer 2 a 0.

O Veranópolis voltou a ameaçar no segundo tempo. Aos 12 minutos, André Luiz deixou Marcos Paraná livre para descontar. O visitante voltou a pressionar em busca do empate que levaria a decisão para os pênaltis. Insatisfeita com a postura do Grêmio, a torcida não demorou a soltar vaias da arquibancada.

Foram necessárias duas boas jogadas individuais para tirar o tricolor do sufoco. Aos 37, Mário Fernandes entrou na área driblando e chutou cruzado, marcando o terceiro gol do time. E, aos 43, Borges livrou-se de dois zagueiros e ajeitou a bola para Hugo ampliar para 4 a 1. Os gremistas comemoravam a goleada, mas o Veranópolis não se entregou. Aos 45, Romano mandou uma bomba, de fora da área, que Victor não conseguiu segurar, e marcou o segundo gol dos visitantes.

No Passo D''Areia, também na capital gaúcha, o Internacional de Santa Maria surpreendeu o São José e adquiriu o direito de lutar contra o Grêmio por uma vaga na final. O time visitante abriu o placar aos 25 minutos do primeiro tempo com um gol de Anderson Cruz, em cobrança de falta, e depois tratou de jogar no contra-ataque. E foi assim que chegou ao segundo gol, numa conclusão de Dudu, de cabeça, aos 36 minutos do segundo tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.