Grêmio vence Fluminense por 2 a 1 e deixa a zona de rebaixamento

Time gaúcho consegue a virada no Olímpico e respira aliviado no Campeonato Brasileiro

Lucas Azevedo, Agência Estado

14 de agosto de 2011 | 21h15

PORTO ALEGRE - O Grêmio encerrou neste domingo a incômoda série de cinco partidas sem vencer no Campeonato Brasileiro. Contando com o apoio de sua torcida, a equipe ganhou de virada do Fluminense por 2 a 1, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, pela 16.ª rodada do Brasileirão. Marquinho marcou os dois gols gremistas.

A importante vitória afastou o Grêmio da zona de rebaixamento - soma 18 pontos e está em 14º lugar. O Fluminense, por sua vez, permaneceu com 21 e segue brigando pelas posições intermediárias da tabela.

Em sua segunda partida à frente do Grêmio, o técnico Celso Roth mostrou um time com melhor organização. O jogo, no entanto, começou em ritmo lento, sem muito trabalho para os goleiros. E só melhorou aos 25 minutos, quando o Fluminense abriu o placar. Carlinhos cruzou da esquerda e Fred completou de cabeça, após falha do goleiro Victor.

A reação do Grêmio foi mortal. Apenas cinco minutos depois, Marquinhos - que já estava sendo vaiado pela torcida gremista - recebeu de Lúcio e chutou forte. A bola ainda desviou na zaga e tirou o goleiro Cavalieri da jogada. E, já aos 45 da primeira etapa, Marquinhos cobrou falta com precisão e virou o placar.

Na etapa complementar, as duas equipes entraram em campo com mais vontade. Aos 19, o goleiro Victor quase tomou o segundo gol, em um rebote aproveitado por Sobis. O jogador gremista fez novamente uma partida com erros que podiam ter comprometido o time.

Como no primeiro tempo, o Fluminense teve a maior posse de bola durante a segunda etapa, mas a defesa gremista se segurou bem nos minutos finais e conseguiu segurar a vitória.

"Se cobra muito esse empenho. O Grêmio está no caminho certo e tirou peso das costas. Quando se fica muito tempo sem vencer, a cobrança é grande. Hoje, o pessoal se dedicou ao máximo e conseguiu segurar ao máximo. Não tivemos um futebol de luxo, mas de resultado", comentou Victor ao final da partida.

O Grêmio volta a jogar na quarta-feira, contra o Ceará, às 19h30, no estádio Presidente Vargas. No mesmo horário, o Fluminense recebe o Figueirense no Engenhão.

GRÊMIO - 2 - Victor; Adilson, Saimon, Vilson e Bruno Collaço; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Marquinhos (Willian Magrão) e Lúcio; Leandro (Miralles) e André Lima (Brandão). Técnico: Celso Roth

FLUMINENSE -1 - Diego Cavalieri; Mariano, Digão, Marcio Rozário e Carlinhos; Valencia, Fernando Bob, Marquinho (Araújo) e Souza (Martinuccio); Rafael Sobis (Rafael Moura) e Fred. Técnico: Abel Braga

Gols - Fred, aos 25, e Marquinhos, aos 30 e aos 45 minutos do primeiro tempo; Árbitro - Paulo César de Oliveira (SP - FIFA); Cartões amarelos - Leandro, Fábio Rochemback, Marquinhos, Adilson, Brandão, Digão e Fernando Bob; Público - 15.180 espectadores (total); Renda - R$ 188.353,00; Local - Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.