Jaime Echevarria/Efe
Jaime Echevarria/Efe

Grêmio vence fora e tem boa vantagem na Sul-Americana

Gol de Werley garante vitória sobre o Barcelona do Equador e joga pelo empate em Porto Alegre para se classificar

O Estado de S. Paulo

27 de setembro de 2012 | 00h06

GUAYAQUIL (Equador) - Em duas frentes na briga por títulos ou vaga na próxima edição da Copa Libertadores, o Grêmio conquistou nesta quarta-feira um importante resultado pela Copa Sul-Americana. No estádio Monumental, em Guayaquil, no Equador, o time gaúcho foi valente para suportar a pressão do Barcelona e de sua torcida e conseguiu a vitória por 1 a 0 - gol do zagueiro Werley, no primeiro tempo -, pela partida de ida das oitavas de final da competição continental.

Com o resultado positivo, o Grêmio joga pelo empate no duelo da volta, marcado para o dia 24 de outubro, no estádio Olímpico, em Porto Alegre. Um novo 1 a 0, desta vez para os equatorianos, a decisão da vaga irá para a disputa por pênaltis. Qualquer outra vitória do Barcelona, o time gaúcho estará eliminado. Quem passar, pegará nas quartas de final o vencedor do duelo entre Palmeiras e Millonarios, da Colômbia.

Em campo, o Grêmio sofreu com a pressão do Barcelona. No primeiro tempo, o goleiro Marcelo Grohe salvou o time com muita segurança e tranquilidade, como em um lance em que o atacante Narciso Mina avançou livre em um contra-ataque e, da entrada da área, chutou cruzado, mas o arqueiro gremista conseguiu espalmar.

O gol aconteceu em uma jogada ensaiada de bola parada do Grêmio. Pouco antes do intervalo, aos 44 minutos, o meia Elano cobrou falta pelo lado direito e colocou a bola na marca do pênalti. O zagueiro Werley conseguiu se desvencilhar da marcação e, livre, cabeceou forte no canto direito baixo do goleiro Máximo Banguera, que não conseguiu fazer a defesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.