Grêmio vence Inter de virada por 2 a 1 em clássico no Uruguai

Os dois times entraram em campo com os reservas na partida em Rivera

AE, Agência Estado

30 de janeiro de 2011 | 22h27

RIVERA - Em clássico esvaziado por conta da escalação de reservas pelos dois times, o Grêmio derrotou o Internacional por 2 a 1, de virada, neste domingo, em clássico disputado na cidade de Rivera, no Uruguai, válido pela quinta rodada do primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

Com o triunfo, o Grêmio assumiu a segunda colocação do Grupo 2 do estadual, com 11 pontos em cinco partidas, atrás apenas do Juventude, que soma 12. Já o Internacional caiu para o segundo lugar no Grupo 1, com nove pontos conquistados em cinco jogos. A chave é liderada pelo Caxias, com dez pontos.

Melhor no primeiro tempo, o Internacional, que atuou com o seu time B, abriu o placar aos 38 minutos, em jogada de bola parada. Marquinhos cobrou escanteio e Guto cabeceou forte, colocando a equipe em vantagem. O Inter, porém, não conseguiu segurar a vantagem no segundo tempo, quando foi dominado, e sofreu a virada.

A reação dos reservas do Grêmio começou aos 13 minutos, com gol marcado por Bruno Collaço em cobrança de falta. E o gol da vitória saiu aos 27 minutos e foi marcado por Lins, contratado para esta temporada e que iniciou a partida no banco de reservas.

Embalado pela vitória dos seus reservas no Gre-Nal, o Grêmio volta a jogar na próxima quarta-feira, no Estádio Olímpico, contra o Liverpool, do Uruguai, pela fase preliminar da Libertadores. Já o Internacional entrará em campo na quinta-feira, no Beira-Rio, para enfrentar o Juventude, pelo Campeonato Gaúcho.

Em outros jogos disputados neste domingo, o Juventude venceu o Ypiranga por 2 a 0, o Cruzeiro perdeu para o Canoas por 2 a 1, o Porto Alegre bateu o São Luiz por 4 a 3, o Pelotas foi superado pelo São José por 2 a 1, o Veranópolis perdeu para o Caxias por 3 a 0 e Santa Cruz e Lajeadense empataram por 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.