Grêmio vence Vasco por 4 a 3 e respira

O Grêmio venceu o Vasco por 4 a 3, neste sábado, em Porto Alegre e, com a vitória chegou aos 43 pontos ganhos e deixou provisoriamente a lanterna do Campeonato Brasileiro, onde estava há 133 dias. Quem ocupa a posição, agora, é o Bahia, pelo menor saldo de gols e neste domingo enfrenta o Atlético Paranaense em Salvador. O jogo, válido pela 43ª rodada da competição, deixou o Vasco na 17ª posição da tabela, com 49 pontos.Para quem precisava da vitória, o primeiro tempo do Grêmio foi de assustar a torcida. Mesmo que tenha feito 1 a 0 aos 14 minutos através de Gilberto, o time de Adílson Batista cometeu os velhos erros defensivos de sempre e permitiu, aos 14, o empate do Vasco, por Edmundo, aparando de cabeça uma cobrança de falta de Victor, com Claudiomiro, Baloy e Adriano apenas olhando a conclusão do atacante.Depois de dominar os nervos, o Grêmio teve boas chances de virar o placar, mas as conclusões, a maioria de fora da área, saíam erradas. Aos 31 minutos, Adriano acertou o travessão de Fábio, mas foi o Vasco, aos 37, quem virou para 2 a 1, num chute forte de fora da área de Moraes, aparando um rebote de Baloy. O Grêmio, melhor no jogo, empatou aos 42, outra vez com Gilberto, pegando a sobra de uma defesa de Fábio após um pênalti mal batido por Cláudio.Na volta do intervalo, Adílson Batista pediu uma maior movimentação dos atacantes para confundir a defesa do Vasco. Cláudio e Marcelinho obedeceram e, logo no primeiro minuto da segunda etapa Cláudio, de cabeça, virou para o Grêmio, fazendo 3 a 2. O jogo continuou movimentado e o Grêmio, com domínio total, fez 4 a 2 com Elton. Aos 43, Victor, numa falha de Eduardo Martini, descontou para o Vasco, mas o Grêmio já estava com a vitória garantida, para alívio da torcida, que não parou de incentivar o time durante toda a partida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.