Grêmio volta a treinar e torcida pede: 'fica Luxemburgo'

Depois de nove dias, o Grêmio reencontrou o Estádio Olímpico nesta quarta-feira. Após jogar em Bogotá diante do Millonarios e depois seguir para São Paulo, onde enfrentou a Portuguesa, o time tricolor teve dois dias de folga e se reapresentou nesta tarde mirando a partida de domingo contra o Figueirense, em Santa Catarina.

AE, Agência Estado

21 de novembro de 2012 | 20h56

Cerca de 100 torcedores foram ao estádio do Grêmio e pediram, em coro, assim que o treinador subiu ao gramado, que Vanderlei Luxemburgo permaneça no clube para a temporada 2013. "Fica, Luxemburgo", cantavam eles.

O treinador, que tem contrato até o fim do ano, ainda discute a renovação com a presidência eleita, encabeçada por Fábio Koff. Se o técnico ainda não está fechado, na terça à noite foi definido que o novo executivo de futebol será Rui Costa, que é membro do conselho deliberativo e será funcionário remunerado.

No treino desta quarta, apenas atividade física comandada pelos preparadores Antonio Mello e Paulo Paixão. Gilberto Silva, que não pegou a Portuguesa, voltou a treinar e deve jogar em Florianópolis. Kléber segue vetado e não trabalhou nesta quarta. Pará está suspenso e é desfalque certo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.