Gremistas estão preocupados com terremoto na Colômbia

Além da preocupação com o jogo com o Deportes Tolima, os jogadores do Grêmio ganharam mais um motivo para ficarem em alertas na Colômbia. Isso porque na última segunda-feira ocorreu um terremoto de 4,7 graus na escala Richter no distrito de Tolima, que tem como capital a cidade de Ibagué, local do confronto na próxima quinta."Fico até meio assustado, nunca passei por isso, estar em um país, uma cidade onde tenha acontecido uma coisa dessas. A gente fica um pouco assustado, mas acho que não deve acontecer mais. Se acontecer, que não afete nada. Bate um medo que atrapalha um pouquinho", comentou o volante Diego Souza à Rádio Gaúcha.Já o lateral-direito Patrício revelou que já passou por situação semelhante quando atuava no Vasco e foi jogar contra o Universidad Católica, no Chile. "Foi uma situação estranha e só me dei conta que havia ocorrido o terremoto quando mandaram todo mundo deixar o prédio", comentou o ala. "Ainda bem que ocorreu antes de nossa chegada, pois não é o tipo de coisa que aconteça toda hora", acrescentou o zagueiro William.A delegação gremista desembarca na cidade de Ibagué no fim da tarde desta terça-feira. Logo em seguida o treinador Mano Menezes irá comandar um treino de reconhecimento do gramado do Estádio Manuel Murillo Toro. Ao lado do Tolima, a equipe gaúcha ocupa a liderança do Grupo 3 da Copa Libertadores da América com quatro pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.