Grenier marca duas vezes e Lyon arrasa o Bordeaux

Com dois gols de Clement Grenier, o Olympique de Lyon recuperou o segundo posto do Campeonato Francês, e agora segue com chances de conquistar o título após golear o Bordeaux por 4 x 0, jogando fora de casa, neste domingo.

Reuters

17 de fevereiro de 2013 | 15h19

O meio-campista Grenier fez o primeiro gol logo cedo, contando com frieza e tranqulidade na finalização, e depois ainda marcou de pênalti. Com a vitória, a equipe do treinador Remi Garde, agora com 48 pontos em 25 partidas, ultrapassou o Olympique de Marselha na tabela e diminuiu para três pontos a distância para o líder Paris St. Germain.

Gueida Fofa marcou o segundo gol do jogo com um impressionante arremate a uma distância de 25 metros da baliza, isso aos 20 minutos da etapa final de partida, e Alexandre Lacazette fez o seu com um voleio de fora da área.

O Bordeaux, que havia sofrido apenas 16 gols até a partida deste domingo, agora está em nono lugar com 38 pontos.

Já o Lyon, que havia perdido suas três últimas partidas contando todas as competições que disputa, apresentou uma performance consistente no estádio de Bordeaux, o Chaban Delmas.

Depois de 15 minutos, Grenier recebeu passe de Bafetimbi Gomis e manteve a compostura e serenidade para deslocar a bola do goleiro Cedric Carrasso.

O Bordeaux praticamente não ameaçou o rival e ficou em maior desvantagem quando Fofana soltou uma bomba de fora da área.

Os anfitriões ainda contaram com uma falha do zagueiro Julien Faubert, de volta ao Bordeaux depois de seis anos fora, incluindo uma rápida passagem pelo Real Madrid por empréstimo. Faubert derrubou Fofana dentro da área e Grenier convertou o pênalti aos 28 minutos do segundo tempo. Dois minutos depois, o arremate de Lacazette deu números finais ao duelo de um time só.

(Por Julien Pretot)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTFRANCESLYONBORDEAUX*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.