Greve pode levar Escócia a usar árbitros estrangeiros

A Associação Escocesa de Futebol (SFA, na sigla em inglês) está considerando a possibilidade de utilizar árbitros irlandeses e escandinavos para os jogos do fim de semana devido a uma greve dos juízes do país. Os árbitros da Escócia decidiram boicotar todos as divisões do campeonato nacional em protesto contra as críticas dos clubes por conta dos seus desempenhos recentes.

AE, Agência Estado

23 de novembro de 2010 | 15h12

Chefe-executivo da SFA, Stewart Regan disse que seria caro trazer árbitros do exterior para 20 partidas, mas que "eles poderiam ser da Irlanda ou poderiam ser dos países escandinavos".

Um dos principais clubes da Escócia, o Celtic fez um dos protestos mais veementes contra os árbitros. Na semana passada, o presidente John Reid pediu que Dougie Mcdonald fosse retirado do quatro de arbitragem por conta da polêmica envolvendo um pênalti em partida contra o Dundee United.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEscóciaárbitrosgreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.