Cati Cladera/EFE
Cati Cladera/EFE

Griezmann faz 2 e Barcelona vence de virada time da 3ª divisão na Copa do Rei

Atacante salva o time catalão contra o modesto Ibiza, em jogo válido pela terceira fase

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de janeiro de 2020 | 17h38

Sem o argentino Lionel Messi, poupado, e o uruguaio Luis Suárez, lesionado, coube ao francês Antoine Griezmann o protagonismo no Barcelona na partida contra o modesto Ibiza, da terceira divisão espanhola, fora de casa, nesta quarta-feira, na estreia do time catalão na Copa do Rei, já em sua terceira fase. E o atacante não decepcionou ao marcar os dois gols da vitória no sufoco por 2 a 1, de virada, com direito a balançar as redes aos 50 minutos do segundo tempo.

O triunfo na famosa cidade de praia espanhola garantiu o Barcelona nas oitavas de final da competição. O próximo rival será conhecido em um sorteio a ser realizado nos próximos dias, em Madri, pela Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF, na sigla em espanhol).

O Barcelona esteve muito perto de passar um vexame histórico, logo no segundo jogo sob o comando do técnico Quique Setién. Ao deixar Messi, Sergio Busquets e Piqué fora da viagem, e outros titulares no banco de reservas como o goleiro alemão Ter Stegen e o lateral-esquerdo Jordi Alba, o treinador apostou alto e quase pagou caro.

No primeiro tempo, o desentrosamento foi visível no Barcelona e o Ibiza se aproveitou. Aos nove minutos, o time da casa foi para cima e conseguiu abrir o placar. Em um chute de Javier Perez Mateo, a bola passou pela defesa catalã e desviou em Pep Caballe para entrar no gol defendido pelo goleiro brasileiro Neto.

Quique Setién só resolveu colocar Jordi Alba, o volante brasileiro Arthur e o chileno Arturo Vidal na metade do segundo tempo. A partir daí o Barcelona melhorou e obteve o empate aos 26 minutos. Griezmann recebeu um belo passe de Frankie De Jong, driblou dois defensores e ficou cara a cara com o goleiro Parreno. O francês mostrou muita frieza na frente do gol e apenas empurrou a bola para o canto esquerdo.

No sufoco, já aos 50, um minuto antes do acréscimo apontado pelo árbitro, Griezmann teve nova chance na área, em passe de Jordi Alba, e garantiu a virada suada do Barcelona.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.