Gripe pode definir escalação do Ituano

A gripe pode atrapalhar o técnico Leandro Campos na escalação do Ituano para a partida da próxima sexta-feira, às 20h30, contra o Santa Cruz-PE, em Recife, pela penúltima rodada da fase semifinal do Campeonato Brasileiro da Série B. Jackson e Fernando Gaúcho não participaram do treinamento e passaram a ser dúvida para a partida decisiva, que pode selar a classificação do time paulista ao quadrangular final. "Só vou colocar em campo os jogadores que estiverem em sua plena forma, com 100% de condição. O jogo tem uma importância extrema, até porque poderemos garantir nossa classificação", adiantou o treinador. Certa, somente a volta do lateral Ricardo Lopes, um dos jogadores mais regulares da equipe durante a competição. Com seu retorno, Lima volta à lateral esquerda e Alexandre Salles, que jogou improvisado na posição, deve ocupar o lugar de Jackson no meio de campo. Se Fernando Gaúcho não se recuperar a tempo, Jales deve ser o companheiro do artilheiro Rômulo no ataque. O time embarcou para a capital pernambucana nesta quarta-feira, às 19 horas. Segundo o supervisor Homero Santarelli, o próprio clube arcou com as despesas da viagem, já que os horários fornecidos pela FBA (Futebol Brasil Associados) não agradaram. O time entrou, na terça-feira, com uma queixa junto à CBF em relação à mudança de horário do jogo, de sábado para sexta. O diretor técnico da CBF, Virgílio Elíseo, prometeu que a Confederação irá ressarcir o clube. Para se classificar, basta ao Ituano vencer o Santa Cruz por qualquer placar, já que tem sete pontos ganhos e lidera o Grupo A, ao lado do Brasiliense. O Santa Cruz é o terceiro colocado, com cinco pontos, enquanto o Fortaleza aparece em último, com apenas dois pontos, com poucas chances de classificação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.