Grupo dos vetados treina normalmente

Dida, Cafu, Kaká, Lúcio e Zé Roberto não alteraram sua rotina de treinos. Os cinco jogadores impedidos de apresentar-se em Porto Príncipe cumpriram atividades normais no Milan e no Bayern de Munique. As duas equipes nem tiveram compromissos de meio de semana. O trio de campeões do mundo do Milan teve como atividade, na quarta-feira quente do verão europeu, uma sessão de exercícios em Milanello, o extraordinário centro de treinamentos do clube nos arredores de Milão. O técnico Carlo Ancelotti espera contar com Dida, Kaká e Cafu para o desafio de sábado à noite contra a Lazio, no Estádio San Siro, na disputa da Supercopa da Itália. O Milan decide o primeiro troféu oficial da temporada de 2004-05 por ter sido campeão italiano. A rival romana entra em campo como atual detentora da Copa Itália. "Ganhar a Supercopa é uma boa maneira de começar bem o ano", disse Kaká, em entrevista publicada na edição de hoje de La Gazzetta dello Sport. O ex-astro do São Paulo prepara-se também para enfrentar os desafios de seu segundo ano de Itália. "Dizem que é o mais difícil, mas estou pronto para o desafio", garantiu o craque, que pela programação da CBF deveria estar amanhã no Haiti. Nem o jogador nem os dirigentes do Milan se manifestaram. O calendário do Bayern de Munique é mais suave. O time alemão só volta a campo, pela terceira rodada da Bundesliga, no dia 28, na visita ao Bayer Leverkusen. Até lá, o técnico Felix Magath tem tempo suficiente para armar o time, e poderia ter cedido Lúcio e Zé Roberto para a seleção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.