Level Up
Level Up

Grupo feminista usa avião para protestar em reestreia de Cristiano Ronaldo no United

ONG Level Up relembra acusação de estupro feita contra o craque pela americana Kathryn Mayorga

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2021 | 16h10

A reestreia de Cristiano Ronaldo com a camisa do Manchester United não foi marcada unicamente por gols. Uma ONG feminista, a Level Up, utilizou um avião carregando uma frase para relembrar que o astro foi acusado de estupro por uma mulher norte-americana, Kathryn Mayorga.

O avião levava as palavras #BelieveKathrynMayorga (Acreditem em Kathryn Mayorga, em tradução livre). Mayorga é uma professora dos Estados Unidos, que em 2018 veio a público e acusou Cristiano Ronaldo de tê-la estuprado em Las Vegas, em 2009, o que foi negado pelo jogador. Segundo o português, o caso não passava de 'fake news'.

"Fizemos um avião sobrevoar o estádio e a nossa mensagem é simples: Acreditem em Kathryn Mayorga. Vamos dizer não à cultura do silêncio em torno do abuso da comunidade do futebol. Sejam solidários com Kathryn. Não se trata apenas de solidariedade com Kathryn, mas com todos as vítimas de violência sexual. É sobre quebrar o silêncio em torno do abuso e dizer a verdade. Juntos, podemos enviar uma mensagem a Ronaldo, clubes de futebol e torcedores em todo o mundo que o abuso sexual não pode ficar fora do campo e as sobreviventes não serão ignoradas", afirmou a Level Up, em comunicado.

Na esfera penal, a polícia de Las Vegas encerrou o caso por considerar que não foram recolhidas provas suficientes para acusar Cristiano Ronaldo; na esfera cível, os advogados entraram em acordo com Kathryn e pagaram 375 mil dólares em 2019 (R$ 1,9 milhão, na cotação atual) à mulher, embora a defesa do jogador afirme que isso não foi uma admissão de culpa.

Em campo, alheio ao protesto, Cristiano Ronaldo fez dois gols na vitória do Manchester United por 4 a 1 sobre o Newcastle. "Meu retorno a Old Trafford foi só uma breve lembrança do porque este estádio é conhecido como 'Teatro dos Sonhos'. Para mim, sempre foi um lugar mágico onde você pode alcançar tudo em que sua mente foca. Orgulho de estar de volta no Manchester United e jogando no Campeonato Inglês mais uma vez, mas acima de tudo, feliz por ajudar o time!", celebrou nas redes sociais após o triunfo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.