Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Grupos do Paulistão de 2020 são sorteados; veja o regulamento do campeonato

Edição do ano que vem começa dia 22 de janeiro e terá jogo único nas quartas de final e semifinal

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

22 de outubro de 2019 | 13h17

Os grupos do Campeonato Paulista de 2020 foram sorteados nesta terça-feira na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), na Barra Funda. A competição terá a mesma forma de disputa dos últimos anos. Serão quatro grupos com quatro times cada, sendo que os dois primeiros de cada chave avançam para os mata-matas. Os componentes dos grupos não jogarão entre si nessa primeira etapa. Eles enfrentarão rivais das outras chaves. Serão 12 partidas na fase classificatória.

Antes do sorteio, os representantes dos 16 clubes participaram do Conselho Técnico da competição e definiram outras questões relacionadas ao campeonato. O Paulistão de 2020 terá 16 datas, duas a menos do que na edição de 2019. A mudança ocorreu para evitar partidas em data Fifa no mês de março. Com isso, as quartas e as semifinais serão disputadas em jogo único. Confrontos de ida e volta acontecerão apenas na final. O VAR (árbitro de vídeo) será utilizado somente nos mata-matas, com o custo bancado pela FPF.

A diminuição das datas foi o ponto mais controvérsio da reunião que antecedeu o sorteio. Dos clubes grandes, apenas o Santos defendeu jogos de ida e volta nas quartas e nas semis. A votação foi apertada: nove a sete. Os clubes do interior reclamam que provavelmente não poderão disputar um mata-mata em casa, porque nos últimos anos os grandes se classificaram em primeiro lugar no grupo. 

Além disso, o número de 26 jogadores inscritos por equipe foi mantido. Os clubes grandes pediam um aumento na lista principal para 30, mas foram minoria na votação. Há ainda uma Lista B, que permite a presença ilimitada de jogadores formados na categoria de base do clube. Esses atletas devem ter disputado uma competição da base e contrato por pelo menos um ano de duração. Dessa lista B, até cinco jovens podem estar em campo simultaneamente, para evitar que um time jogue com a escalação totalmente reserva. 

Também foi mantida a regra de que um técnico não poderá comandar mais de uma equipe no Paulistão. A medida busca evitar a troca de treinadores durante a competição. Outra decisão da maioria dos clubes de São Paulo foi pela manutenção da premiação do vice-campeão no pódio, algo que alguns dirigentes queriam evitar após os episódios das últimas edições, quando o Palmeiras, em 2018, não ficou em campo para receber a sua premiação, e quando o São Paulo, em 2019, desceu para o vestiário antes de receber as medalhas.

O campeão paulista de 2020 receberá R$ 5 milhões de premiação, enquanto o vice ganhará R% 1,65 milhão. Ao todo, a FPF distribuirá R$ 11 milhões de premiação aos clubes, incluindo a disputa do Troféu do Interior. O Paulistão de 2020 terá início no dia 22 de janeiro. A decisão será realizada em 26 de abril.

Confira os grupos do Paulistão 2020

GRUPO A: Santos, Ponte Preta, Oeste e Água Santa

GRUPO B: Palmeiras, Novorizontino, Botafogo e Santo André

GRUPO C: São Paulo, Ituano, Mirassol e Inter de Limeira

GRUPO D: Corinthians, Ferroviária, Guarani e Bragantino

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.