Guarani acerta 2 reforços, mas não divulga

Escaldada depois de sofrer muitos golpes nesta temporada, a diretoria do Guarani tem mantido uma linha cautelosa para divulgar seus reforços. Só mesmo depois de tudo definido e assinado é que o clube vai confirmar algum nome para o técnico Barbieri. Dois jogadores estão praticamente definidos: o atacante Rico, do São Paulo, e o meia Luis Carlos Capixaba, do São Caetano."Já cansei de acreditar nas pessoas e não ter reciprocidade. Então, agora, será tudo no preto e no branco", avisou o presidente José Luiz Lourencetti. Talvez, por isso, ele não tenha anunciado a contratação de Rico, mesmo já tendo acertando bases com o procurador do jogador, Luiz Taveira. Acontece que o negócio ainda depende da liberação do São Paulo, clube pelo qual o jogador defendeu no Campeonato Brasileiro.Com relação a Luis Carlos Capixaba só falta o meia passar pelo Brinco de Ouro para assinar contrato, porque as bases salariais também já foram definidas. O jogador não está mais nos planos do São Caetano, onde teve uma temporada muito regular. Nos últimos jogos passou a ser reserva do Azulão.Quem continua apreensivo é o técnico Barbieri, que espera por cinco ou seis reforços de peso no início de janeiro quando o elenco começa a se preparar com vistas ao Campeonato Paulista. A diretoria promete não descansar nas festas de fim de ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.