Reprodução site Coritiba
Reprodução site Coritiba

Guarani acerta com lateral-esquerdo do Paysandu e descarta atacante Alecsandro

Experiente atacante chegou a almoçar com o presidente do clube, mas negociação foi vetada pelo alto custo

Redação, Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2018 | 16h54

A uma semana de iniciar a pré-temporada, o Guarani ainda não anunciou nenhum reforço para o Campeonato Paulista. A única confirmação foi do técnico Osmar Loss, que deve receber o seu primeiro reforço nos próximos dias. A diretoria acertou com o lateral-esquerdo Guilherme Santos. O jogador aguarda a rescisão contratual junto ao Paysandu para assinar contrato com o clube de Campinas (SP).

Além de Guilherme Santos, o Guarani tentou a contratação do atacante Alecsandro. O próprio presidente Palmeron Mendes Filho almoçou com o jogador, mas acabou o descartando. Segundo o mandatário, o atleta, que defendeu o Coritiba nesta temporada e jogou por Palmeiras, Flamengo, Ponte Preta, Vasco e muitos outros, está acima do teto estabelecido pelo clube.

Lateral-esquerdo, Guilherme Santos tem 30 anos e possui contrato com o Paysandu até maio de 2019. O jogador deve rescindir de forma amigável e desembarcar em Campinas na próxima semana. Além da equipe paraense, o atleta passou por Vasco, Atlético-MG, Figueirense, Santos, Atlético Goianiense, Bahia, Fluminense, Avaí, Criciúma, Sampaio Corrêa e Fortaleza.

O Guarani já está apalavrado também com o zagueiro Diego Giaretta, ex-Vila Nova, o volante Fernandes, ex-Botafogo, e o atacante Lucas Crispim, ex-Santos. O time campineiro diz ter nove jogadores acertados, a maioria com pré-contrato assinado, mas está cauteloso em fazer o anúncio, pois esses atletas têm recebido sondagens de outras equipes do futebol brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.