Divulgação
Divulgação

Guarani acerta com o técnico Felipe Conceição, ex-Red Bull Bragantino

Treinador de 41 anos estava sem clube desde agosto, quando foi demitido da equipe de Bragança Paulista

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de outubro de 2020 | 23h06

O Guarani definiu quem será o treinador que vai tentar livrá-lo do rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta quinta-feira, a diretoria acertou os últimos detalhes para a chegada de Felipe Conceição.

O treinador de 41 anos estava sem clube desde que foi demitido do Red Bull Bragantino no final de agosto após um início ruim no Campeonato Brasileiro. Felipe Conceição é aguardado em Campinas nesta sexta-feira, quando deve ser oficializado pela diretoria.

A tarefa de Felipe Conceição não é nada fácil, pois o Guarani se encontra na penúltima colocação da Série B, com 11 pontos, três a menos do que o Botafogo-SP, primeiro fora da zona de rebaixamento.

Neste sábado, o Guarani será comandado interinamente por Sérgio Baresi contra o CRB, no Brinco de Ouro da Princesa. A estreia de Felipe Conceição ficaria para a próxima terça-feira, diante do líder Cuiabá, também em Campinas.

Ex-atacante de Botafogo, Juventude, América-MG, Cabofriense, Tupi e Paulista, entre outros, Felipe Conceição teve sua primeira experiência como treinador profissional em 2018, no Botafogo, mas ficou apenas sete jogos. Depois teve uma rápida passagem pelo Macaé, até ser contratado para ser coordenador técnico do América-MG.

Durante a Série B do ano passado, Felipe Conceição foi convidado para ser efetivado como treinador do América-MG e aceitou. Apesar da campanha de recuperação, o time vacilou na última rodada e ficou sem o acesso à elite.

No início desta temporada, Conceição foi escolhido para substituir Antônio Carlos Zago no Red Bull Bragantino, mas o desempenho ficou abaixo do esperado. O time caiu nas quartas de final do Paulistão, foi campeão do Troféu do Interior e estava na zona de rebaixamento do Brasileirão quando a diretoria optou pela sua saída.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.