Guarani, animado, espera por reforços

A disposição e a garra demonstradas pelos jogadores do Guarani no empate de 2 a 2 com a Ponte Preta são, para o técnico Jair Picerni, a certeza de que o time vai engrenar dentro do Campeonato Paulista. Mesmo assim, o técnico espera pela chegada de novos reforços nesta semana.Um deles é o meia Tucho, liberado pelo Atlético Mineiro, e que se apresentou sábado no Brinco de Ouro, fez exames médicos e assinou contrato. É também esperada a chegada, nesta segunda-feira, do meia Rodriguinho, que tem vínculo com o Atlético Paranaense, mas que ano passado esteve emprestado ao Bahia. O acerto com estes jogadores afastou a vinda de Luciano Ratinho, que não conseguiu se desvencilhar do Corinthians e da Hicks Muse.Porém, se alguns jogadores estão chegando, outros estão de saída. O meia Simão vai se apresentar ao Atlético Paranaense, num acordo de parceria firmado entre as duas diretorias. Outros jogadores, ainda indefinidos, podem seguir o mesmo caminho como os atacantes Evandro Roncatto, Catatau e os zagueiros João Leonardo e Paulo André.Nada desanima o técnico Jair Picerni. "Acho que estamos caminhando para ter um grupo de qualidade. Mas temos que continuar trabalhando com muita vontade" orienta o treinador. Com cinco pontos, o Guarani ocupa uma posição intermediária. Seu próximo jogo será contra o Santo André, sexta-feira, no ABC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.