Guarani apenas empata com o lanterna

O Guarani manteve sua invencibilidade, agora de 13 jogos, no Estádio Brinco de Ouro, mas apenas empatou em 1 a 1, com o Atlético Sorocaba, neste domingo à tarde, em Campinas, pela 12.ª rodada do Campeonato Paulista. Pelo equilíbrio em campo o resultado foi plenamente justo. O time campineiro, agora, soma 17 pontos. O Atlético, com sete pontos, permanece na lanterna.O jogo começou truncando no meio campo. O Guarani optou pelo esquema 4-4-2, mas com a disposição de atacar, enquanto o Sorocaba adotou o 3-5-2 para explorar os contra-ataques. E o visitante se deu melhor aos 26 minutos, quando Niander roubou uma bola no meio campo, Éder Ceccon foi lançado no lado esquerdo do ataque e cruzou para o complemento de Fabiano: 1 a 0. Os bugrinos reclamaram de falta de Niander sobre Tucho na origem do lance. Mas, o Guarani mostrava apatia e ineficiência no ataque. Restou apenas reclamar de uma penalidade máxima de Bernardi sobre Evandro Roncatto, aos 38 minutos, ignorada pelo juiz Paulo José Danelon.No intervalo, o técnico Jair Picerni resolveu promover várias mudanças. Inverteu os laterais Mariano e Alemão, além de colocar Catatau e Nilson Sergipano, dois atacantes, nos lugares, respectivamente, de Careca e Cidimar. Assim passou a atuar no 4-3-3. E se deu bem aos três minutos, quando chegou ao empate com Tucho cobrando falta. O experiente goleiro Veloso armou mal a barreira e o bugrino cobrou em curva para empatar: 1 a 1.Visivelmente satisfeito com o empate, o Sorocaba preferiu ficar na defesa. Aos 14 minutos, Roncatto perdeu a melhor chance do Guarani quando recebeu de Tucho, driblou Veloso e mandou a bola na trave. Neste lance, o goleiro sorocabano sentiu o ombro direi to e acabou substituído por Wilson Júnior. O contra-ataque do Sorocaba também não entrou e a única chance real de marcar surgiu numa falta cobrada por Ricardo Lobo. No final do jogo, jogadores e membros da comissão técnica do Guarani, cercaram o juiz reclamando de faltas não marcadas, lances invertidos e o acréscimo de apenas dois minutos no final.Na próxima rodada, o Guarani vai enfrentar o Ituano, sábado, em Itu, sem o volante Careca e o lateral Mariano, ambos com três cartões amarelos. Antes, porém, quarta-feira, vai enfrentar o Santa Cruz, em Recife, pela segunda fase da Copa do Brasil. O lanterna Atlético Sorocaba vai receber a Portuguesa de Desportos, no domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.