Guarani bate Campinense e se isola na ponta da Série B

Fora de casa, time do técnico Vadão faz 2 a1 e continua com 100% de aproveitamento na competição

AE, Agencia Estado

19 de maio de 2009 | 23h15

O Guarani é o líder isolado do Campeonato Brasileiro da Série B. Mesmo sem apresentar um grande futebol, o time de Campinas bateu o Campinense por 2 a 1, nesta terça-feira, no estádio Amigão, em Campina Grande, na abertura da terceira rodada da competição.

 
Veja também:

tabela Brasileirão Série B - Classificação e Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com o resultado, o Guarani manteve o 100% de aproveitamento e se isolou na ponta, com nove pontos. Três a mais que Figueirense, Vasco, Duque de Caxias, Atlético Goianiense e Bragantino. Já os paraibanos acumularam a terceira derrota consecutiva e seguem na penúltima posição, sem pontuar.

O Guarani soube explorar bem a pressão exercida pelo time da casa, que precisava encerrar o jejum de vitórias. Na base dos contragolpes, o time de Campinas criou várias chances, enquanto a defesa adversária esteve desarrumada. O primeiro gol saiu aos 38 minutos do primeiro tempo. O lateral-direito Maranhão cruzou pelo lado direito e o atacante Caíque completou na pequena área.

Na segunda etapa, o Guarani conseguiu ampliar logo aos sete minutos. Maranhão invadiu a área e foi derrubado por Almir. Na cobrança do pênalti, Ricardo Xavier mostrou frieza e marcou ao deslocar o goleiro.

Depois disso, o Campinense assumiu o controle do jogo e perdeu inúmeras chances de marcar. O único gol que fez saiu aos 19 minutos, com Tiago Saleti, de cabeça, depois de cobrança de escanteio.

No sábado, dia 30, às 16h10, o Campinense volta a campo para enfrentar o Ipatinga, no estádio Ipatingão, no interior mineiro. Enquanto isso, o Guarani joga contra o Bragantino, um dia antes, às 21 horas, no Brinco de Ouro, em Campinas.

CAMPINENSE 1 X 2 GUARANI

Campinense - Fabiano; Émerson, Márcio Giovanini e Charles Wagner; Thompson, Tiago Saleti, Júnior Maranhão (Tiago Cavalcanti), Giuliano e Jorginho Paulista (Leandro Fonseca); Edmundo e Almir (Jailton). Técnico: Ferdinando Teixeira.

Guarani - Douglas; Maranhão, Dão, Bruno Aguiar e Andrezinho; Cleber Goiano, Luciano Santos, Rodriguinho (Glauber) e Walter Minhoca (Fabinho); Caíque e Ricardo Xavier (Marquinhos). Técnico: Osvaldo Alvarez (Vadão).

Gols - Caíque, aos 38 minutos do primeiro tempo; Ricardo Xavier (pênalti), aos 7, e Tiago Saleti, aos 19 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Almir, Giuliano, Émerson e Charles Wagner (Campinense); Walter Minhoca e Rodriguinho (Guarani).

Árbitro - Rogério Lima da Rocha (SE).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Amigão, em Campina Grande (PB).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BGuaraniCampinense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.