Guarani bate CRB com gol nos acréscimos e ganha fôlego contra degola na Série B

Bugre abre três pontos de vantagem para o Luverdense, o primeiro dentro da zona de descenso, com vitória por 2 a 1

Estadão Conteúdo

11 Novembro 2017 | 21h38

O Guarani conseguiu dar uma boa respirada na luta contra o rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, no encerramento da 35.ª rodada, o time campineiro marcou aos 48 minutos do segundo tempo e derrotou o CRB por 2 a 1, no Brinco de Ouro, em Campinas.

Com o resultado, o time paulista deu um salto na classificação, subindo para o 14.º lugar, com 43 pontos, abrindo três do Luverdense, o primeiro dentro da zona de descenso da tabela. O CRB, por sua vez, segue com 42 pontos e passa a ser a primeira equipe fora da degola, na 16ª colocação.

O CRB entrou com uma estratégia bem definida de marcar e ir para o campo de ataque quando o espaço aparecesse. Ele veio aos 11 minutos. A defesa do Guarani não conseguiu afastar a bola e Tinga pegou de primeira, obrigando Leandro Santos a fazer boa defesa. Com dificuldades na transição e na chegada ao campo de ataque, o Guarani praticamente não atacou.

Mesmo assim, conseguiu abrir o placar aos 29 minutos em falha da defesa alagoana. Depois de cruzamento rasteiro, a bola foi rebatida para o meio da área e Luiz Fernando pegou a sobra para mandar para o fundo das redes.

Atrás no marcador, o time alagoano teve de sair mais para o ataque. Na base da insistência, o empate veio ainda no primeiro tempo. Em cobrança de escanteio, Flávio Boaventura se recuperou da falha no gol, subiu mais que todo mundo e desviou de cabeça para as redes.

O segundo tempo começou mais agitado, com o CRB saindo para o campo de ataque. Os alagoanos fizeram uma pequena blitz na defesa bugrina e obrigaram o goleiro Leandro Santos a praticar duas grandes defesas. Primeiro, ele parou uma finalização de Chico. E depois uma cabeçada de Flávio Boaventura.

A resposta bugrina veio com Lenon. Ele ficou com a segunda bola e finalizou de primeira, assustando Edson Kolln. O CRB, porém, seguia mais perigoso no campo de ataque. Aos 35 minutos, Yuri roubou a bola e finalizou colocado. A bola passou perto da meta de Leandro Santos.

A partida caminhava para o empate, mas, aos 48 minutos, o Guarani conseguiu marcar. Depois de cobrança de falta de Betinho em direção à pequena área, Bruno Mendes apareceu bem no primeiro pau para desviar de cabeça para o fundo das redes.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, quando a Série B terá rodada cheia. O Guarani encara o Londrina, às 19h15, no estádio do Café, no interior do Paraná, enquanto o CRB recebe o Goiás, no Rei Pelé, em Maceió.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 2 X 1 CRB

GUARANI - Leandro Santos; Lenon, Diego Jussani, Willian Rocha e Salomão; Baraka e Betinho; Luiz Fernando (Juninho), Fumagalli (Paulinho) e Richarlyson (Bruno Mendes); Caíque. Técnico: Lisca.

CRB - Edson Kolln; Marcos, Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Yuri, Rodrigo Souza, Tinga (Tony) e Edson Ratinho; Chico (Erick Salles) e Neto Baiano (Zé Carlos). Técnico: Mazola Júnior.

GOLS - Luiz Fernando, aos 29, e Flávio Boaventura, aos 34 minutos do primeiro tempo; Bruno Mendes, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Claudio Francisco Lima e Silva (SE).

CARTÕES AMARELOS - William Rocha, Betinho e Paulinho (Guarani); Rodrigo Souza e Diego (CRB).

RENDA - R$ 47.819,00.

PÚBLICO - 6.464 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.