Letícia Martins / Guarani Futebol Clube
Letícia Martins / Guarani Futebol Clube

Guarani bate São Bento, finda jejum e se afasta da lanterna da Série B

Equipe de Campinas faz 2 a 1 e conquista uma vitória depois de oito rodadas

Redação, Estadão Conteúdo

26 de julho de 2019 | 23h20

O Guarani quebrou um jejum de oito jogos sem vitórias nesta sexta-feira ao derrotar o São Bento por 2 a 1, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time campineiro se distanciou da lanterna, mas segue dentro da zona de rebaixamento.

Com o resultado, o Guarani terminou a noite na 18ª colocação, com nove pontos, a dois do Vila Nova, primeiro time fora da degola. Com a mesma pontuação, o São Bento é o 17º.

O Guarani não deixou o São Bento respirar e precisou de apenas 28 segundos para abrir o placar. Bruno Souza virou o jogo para o lado esquerdo. Alisson foi tentar fazer o corte, mas viu a bola o encobrir e cair nos pés de Michel Douglas. No cruzamento, a defesa rival falhou novamente, e Igor Henrique chutou para o fundo das redes.

O clube campineiro continuou pressionando e quase marcou o segundo aos seis minutos. Em cobrança de escanteio de Bady, a bola ficou com Bruno Lima, que cabeceou rente à trave. O zagueiro voltou a assustar, aos 25 minutos, em cobrança de fora, que passou muito perto do gol defendido por Gabriel Félix.

O São Bento chegou a equilibrar as ações, mas foi o Guarani que por muito pouco não fez o segundo nos minutos finais. Lenon cobrou lateral para dentro da área. A defesa do time sorocabano afastou, mas a bola foi nos pés de Deivid, que chutou. Davó ajeitou de cabeça e Igor Henrique parou no milagre de Gabriel Félix.

No segundo tempo, o time campineiro arriscou com Bady, mas o São Bento respondeu aos cinco minutos. Minho deu para Vinícius Kiss. O meia arriscou da entrada da área e fez um bonito gol no Brinco de Ouro.

O jogo acabou caindo de produção até que, aos 36 minutos, Vitor Feijão acabou sendo derrubado dentro da área por Guilherme Romão: pênalti. Michel Douglas bateu e ficou em Gabriel Félix. O camisa 7 pegou a sobra, tentou finalizar e viu a bola voltar para o próprio Michel Douglas, que desencantou. Após o gol, o Guarani se fechou e acabou deixando o tempo passar para confirmar a conquista de três pontos importantes na luta contra o rebaixamento.

Na próxima rodada, o Guarani visitará o Sport na segunda-feira, às 20h, na Ilha do Retiro, no Recife. Na terça-feira, às 20h30, o São Bento receberá o Criciúma no Walter Ribeiro, em Sorocaba.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 2 X 1 SÃO BENTO

GUARANI - Jefferson Paulino; Lenon, Bruno Lima, Luiz Gustavo e Bruno Souza; Deivid, Ricardinho (Vitor Feijão), Igor Henrique e Bady (Filipe Cirne); Davó e Michel Douglas (Deivid Souza). Técnico: Roberto Fonseca.

SÃO BENTO - Gabriel Félix; Alisson, Pablo, Guilherme Mattis e Guilherme Romão; Doriva, Fábio Bahia (Caio Rangel) e Vinícius Kiss; Paulinho Bóia, Zé Roberto (Rafael Silva) e Minho (Dudu Vieira). Técnico: Doriva.

GOLS - Igor Henrique, aos 28 segundos do primeiro tempo. Minho, aos cinco, e e Michel Douglas, aos 36 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Claudio Francisco Lima E Silva (SE).

CARTÕES AMARELOS - Ricardinho e Vitor Feijão (Guarani); Dudu Vieira, Guilherme Mattis e Zé Roberto (São Bento).

RENDA - R$ 19.379,00.

PÚBLICO - 2.537 torcedores.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.