Guarani busca 1ª vitória ainda sem Viola

Do tamanho da expectativa veio também a frustração: o atacante Viola não vai estrear no Guarani, que realiza seu terceiro jogo no Campeonato Paulista, diante do Paulista de Jundiaí, nesta quarta-feira, às 20h30, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. Após dois empates pelo Grupo 2, o time campineiro espera conquistar a primeira vitória na temporada. A documentação de Viola não está acertada junto à CBF porque ainda depende de uma liberação da Federação Turca, onde estava vinculado o atacante, e que ainda não está na CBF, no Rio de Janeiro. A advogada do atleta, Gislaine Nunes, tinha garantido que o jogador atuaria, mesmo porque ele só foi contratado para disputar o Paulistão, que tem nesta primeira fase 10 jogos. O técnico Barbieri, cada vez mais, parece preocupado: "Não podemos perder mais pontos em casa. Nossa intenção é garantir uma das quatro vagas e, para isso, vencer em casa é fundamental", disse o técnico. O principal desfalque do treinador será o meia Alexandre, que sente dores musculares nas duas pernas e será poupado. "Não foi constatada nenhuma lesão, mas queremos evitar qualquer tipo de problema", explicou o médico Milton Possedente. O substituto será Alex, que atuou na lateral esquerda no empate contra o Mogi Mirim (1 a 1), domingo. Com isso, o lateral Patrick ganha outra oportunidade entre os titulares. Sem Viola, o atacante Ludemar tem a chance de mostrar evolução no ataque ao lado de Albertinho. O único estreante será o lateral-direito Marlon, ex-São Caetano, que atuará na vaga de Émerson. Do lado do Paulista, o volante Amaral será o principal desfalque do técnico Zetti. Ele sofreu uma torção no joelho direito, após uma dividida com o volante Jéferson, do Ituano, no domingo, e ficará afastado dos gramados por cerca de um mês. Para essa vaga, Zetti ainda estuda duas possibilidades: Thiago Almeida ou Maurício. "O Maurício faz muito bem essa função, enquanto o Thiago é mais ofensivo. Ainda vou analisar o Guarani para definir quem joga", despistou. O Paulista soma três pontos conquistados na vitória sobre o Ituano, por 3 a 1, em Jundiaí.

Agencia Estado,

27 de janeiro de 2004 | 18h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.