Guarani busca reforços para o Brasileiro

Após a fraca campanha no Campeonato Paulista deste ano, a ordem no Guarani é concentrar na Copa do Brasil e na preparação para o Campeonato Brasileiro. "Já estamos começando a pensar em reforços para o Brasileiro. Não acredito que haja dispensas agora, até porque o elenco conta com 29 jogadores", disse o supervisor de Futebol Jair Squarizzi. No entanto, antes de começar a pensar no Nacional, o Guarani tem outra prioridade: o América-MG. O time campineiro enfrenta os mineiros na quarta-feira, em Belo Horizonte, pela segunda fase da Copa do Brasil. A competição virou a salvação para o péssimo começo de ano alviverde. Em princípio, o técnico Joel Santana, que por diversas vezes ficou ameaçado de demissão, será mantido para o restante da temporada. "Os resultados não foram bons, mas ele pegou o time no meio do campeonato. Além disso, é um bom profissional", garante Squarizzi. Para o jogo contra o América-MG, o treinador não deve fazer mudanças em relação ao time que perdeu domingo para o Santo André (4 a 3), na última rodada do Paulista. O volante Sidney, que se recupera de uma pericardite - inflamação na membrana que envolve o coração -, deve retornar dentro de duas semanas. O esquema 3-5-2, com os zagueiro Paulo André, Carlinhos e Tiago, deve ser mantido.

Agencia Estado,

15 de março de 2004 | 16h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.