Guarani chama torcida para reta final

A goleada diante do Vila Nova, por 4 a 0, na última terça-feira, não só recolocou o Guarani nos eixos como reascendeu a chama pela vaga na segunda fase, já que deixou o time entrou na zona de classificação, mesmo que provisoriamente, do Campeonato Brasileiro da Série B, com 25 pontos. Além disso, reiterou a hegemonia da equipe dentro do estádio Brinco de Ouro - o Guarani é o único que não perdeu em sua casa. Ao todo foram seis vitórias e dois empates, sendo os dois últimos jogos goleadas por 4 a 0, diante de União Barbarense e Vila Nova. Empolgado com o momento, o supersticioso técnico Luiz Carlos Ferreira fez um pacto com a torcida e pediu que, caso o time vença o CRB, em Alagoas, na próxima terça, os torcedores compareçam ao estádio no dia seguinte para comemorar o resultado. "Precisamos desta festa, precisamos deste calor humano, pois temos que conseguir os resultados também fora de casa", falou, animado, o comandante bugrino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.