Guarani comemora campanha sem levar gols na Série C

Terminado o primeiro turno da fase inicial do Campeonato Brasileiro da Série C, o Guarani aparece na liderança isolada do Grupo B, com 19 pontos, e com a incomum marca de não sofrer gols em nove jogos. A campanha invicta também anima o clube a sonhar mais com o acesso para a Série B em 2014.

AE, Agência Estado

12 Agosto 2013 | 21h33

"Este é o nosso projeto. Mas sabemos que precisamos melhorar muito, tanto dentro como fora de campo", diz o presidente Álvaro Negrão. Ele montou um elenco barato, "compatível com a divisão", e tem colhido bons frutos. "Estamos cumprindo os compromissos assumidos com os jogadores, o que é fundamental num regime profissional".

Para o técnico Tarcísio Pugliese, os excelentes números do time não podem ser desprezados. "Embora estejamos na Série C, temos adversários em melhores estruturas e tendo mantido nossos objetivos", explicou.

Sem tomar gol há nove jogos, o Guarani bateu um recorde histórico, que durava desde 1978 quando o time sagrou-se campeão brasileiro. E o goleiro Juliano também entrou para a história do clube como o goleiro mais tempo sem tomar um gol. Ele atingiu a marca de 810 minutos, superando a Neneca, que ficou 777 minutos sem ser vazado na mesmo temporada de 1978.

Depois do empate sem gols com o Crac, em Catalão (GO), o time campineiro reinicia o returno no próximo sábado, em casa, diante do Madureira, às 19 horas. A única baixa deve ser o volante Simião, machucado, com uma entorse no joelho direito. Devido o desgaste da viagem de volta de Goiás o elenco ganhou mais um dia e folga e se reapresenta somente nesta terça-feira à tarde.

Mais conteúdo sobre:
futebolGuaraniSérie C

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.