Guarani contrata Jair Picerni para evitar queda

Treinador já comandou o time outras 3 vezes e se consagrou no São Caetano vice-brasileiro em 2000 e 2001

Agência Estado

16 de fevereiro de 2008 | 21h39

Sem muitas opções e preocupado com o rebaixamento no Campeonato Paulista, a diretoria do Guarani anunciou Jair Picerni como novo técnico. Ele vai substituir a Roberval Davino, que deixou o cargo após a derrota para a Chapecoense, por 3 a 1, pela Copa do Brasil, na quarta-feira.   O anúncio oficial aconteceu no começo da noite de sábado e Picerni, que não vai dirigir o time diante do Sertãozinho, neste domingo à tarde, pela nona rodada do Paulistão.   Picerni já comandou o Guarani outras três vezes, tendo passado também por outros clubes do interior como União São João e Santo André. Brilhou no São Caetano no final dos anos 90 e passou uma boa temporada no Palmeiras.   Cidinho, técnico de juniores, vai segurar o "rojão", mesmo porque ele comandou os treinos de sexta-feira e, principalmente, o treino tático de sábado. Com nove pontos, o Guarani é 16.º colocado na tabela.

Tudo o que sabemos sobre:
GuaraniPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.