Guarani: Copa do Brasil é novo teste

Nada parece abalar a calma do técnico Zé Mário, do Guarani. Depois de estrear no Rio-São Paulo com vitória sobre o Bangu, por 1 a 0, o técnico aguarda ansioso a primeira apresentação do time na Copa do Brasil, quarta-feira, diante do América Mineiro, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Para Zé Mário, o time mineiro será mais um teste para o jovem time do Guarani. A principal deficiência continua sendo a falta de um artilheiro, porque o time ficou desfalcado com a saída de Sinval para a Portuguesa de Desportos. Zé Afonso, ex-Grêmio, contratado na semana passada ainda está fora de ritmo e Zé Mário não descarta a possibilidade de escalar Rafael Silva, um dos destaques do clube na Copa São Paulo de Juniores. O atacante de 19 anos será testado nos treinos desta terça-feira e pode ganhar a posição de Dudu. "Na verdade o Dudu tem características diferentes. É um meia, que chega de trás, mas pode ser útil", avalia Zé Mário, tentando estimular o atacante. Nas demais posições, o time será o mesmo que venceu o Bangu, por 1 a 0. A diretoria espera chegar num acordo com alguns jogadores que tentam ser liberados na Justiça do Trabalho por falta de pagamentos e encargos. É o caso do volante Henrique e do meio-campo Wilson Fumagalli. Em princípio, os dois estão fora dos planos da comissão técnica.

Agencia Estado,

21 de janeiro de 2002 | 16h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.