Guarani dá chance a 2 novos jogadores

Lanterna da Série B do Brasileiro, com apenas 1 ponto, e precisando de reforços urgentemente. Esta é a situação do Guarani, que está sem dinheiro para contratar e, por isso, optou por testar alguns jogadores. Dois deles foram aprovados nesta quinta-feira e ficam no elenco: o lateral-direito Geison e o lateral-esquerdo Adavilson.Geison, de 22 anos, jogou no Uberaba e passou pelo Juventude, chegando ao Brinco de Ouro por indicação do técnico José Carlos Serrão. E Adavilson, de 24 anos, começou a carreira no Águas de Lindóia (SP), mas já passou pela Portuguesa Santista, em 2003, e Brasiliense, ano passado. Atualmente estava jogando no Ceará.Na quarta-feira, o meia Renatinho, ex-Paulista, também chegou para testes. Por outro lado, já começaram a treinar dois reforços contratados recentemente: o volante Umberto, ex-Marília, e o meia Fábio Júnior, ex-América-MG e que ano passado atuou no Botafogo, de Ribeirão Preto.Mas a grande preocupação dos dirigentes é contratar, pelo menos, mais dois atacantes. Wágner, do Figueirense, voltou a interessar depois que não acertou sua ida para o Sport.Enquanto alguns chegam, outros saem. O meia Cidmar pode se transferir para o Fortaleza e o lateral-esquerdo Gilson, encostado no clube, aguarda proposta de um clube da Série B.Com relação ao time para enfrentar o Ceará, sábado à tarde, em Campinas, o técnico Serrão continua fazendo experiências. Já testou com três e com dois zagueiros. A principal novidade deve ser a estréia do meia Alê, revelado pelo Cruzeiro e com passagem pelo Juventude.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.