Guarani demite técnico Agnaldo Liz

Lanterna do Campeonato Brasileiro há várias rodadas, a diretoria do Guarani tomou uma atitude nada original: demitiu na manhã desta segunda-feira o técnico Agnaldo Liz. No último sábado, o Guarani foi derrotado por 1 a 0 para o Santos, no está do Brinco de Ouro. Liz chegou a Campinas para substituir Lori Sandri. Em oito jogos sob seu comando, o Bugre perdeu três jogos, empatou quatro e venceu uma, contra o Juventude, por 3 a 1.Liz foi o responsável pela reintegração do atacante Viola, que vem sendo um dos poucos a se salvar da pífia campanha do time no Brasileiro. O Guarani já teve quatro técnicos no Brasileiro: Joel Santana, Zetti, Lori Sandri e Agnaldo Liz. "Saio de cabeça erguida. Vi a luta dos nossos atletas nesses jogos. Jogamos melhor que os nossos adversários em muitos jogos. Faltou um detalhe nestas partidas. Os torcedores sempre tiveram carinho comigo e me agradeciam pelo padrão tático dado ao time", defendeu-se Agnaldo.Para o lugar de Liz estão cotados: Barbieri, Vágner Benazzi, ex-Criciúma, e Geninho, ex-Vasco da Gama. Apesar de nenhum técnico ter sido ainda contactado pela diretoria, Barbieri, que comandou o time no início da temporada, é o nome mais forte para assumir a vaga de Agnaldo Liz.

Agencia Estado,

04 de outubro de 2004 | 13h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.