Guarani demite técnico após nova derrota no Paulistão

Luciano Dias é demitido pela diretoria do clube de Campinas após resultado negativo diante do Santo André

Agencia Estado

22 de fevereiro de 2009 | 10h57

CAMPINAS - A diretoria do Guarani anunciou a demissão do técnico Luciano Dias após a sétima partida seguida sem vitória da equipe no Campeonato Paulista. A decisão foi tomada logo após a derrota por 2 a 0 para o Santo Andre, fora de casa, pela nona rodada do torneio. Veja também: Paulistão 2009 - Tabela e classificação Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão O time de Campinas começou bem a competição, com duas vitórias, mas depois disso acumulou dois empates e cinco derrotas. Com isso, ocupa o 17.º lugar, na zona de rebaixamento, com apenas oito pontos. O novo técnico do Guarani ainda não foi definido. De acordo com o gerente de futebol Beto Souza, a decisão de demitir Luciano Dias foi consenso entre diretoria e treinador. O técnico conseguiu o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2008, na semana passada, e classificou o Guarani antecipadamente para a segunda fase da Copa do Brasil, ao vencer o J. Malucelli, fora de casa, por 2 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.