Guarani demite técnico e dirigente após derrota para o Oeste

Após quatro rodadas e apenas um ponto somado, Guilherme Macuglia não resistiu ao cargo de treinador

AE, Agencia Estado

16 de março de 2009 | 12h23

CAMPINAS - A diretoria do Guarani anunciou na manhã desta segunda-feira a demissão do técnico Guilherme Macuglia, do gerente de futebol do clube Beto Souza e do auxiliar técnico Luiz Carlos Martins Júnior. Os três profissionais não resistiram à derrota por 2 a 0 para o Oeste, em casa, no domingo, e à má campanha do clube no estadual.

Veja também:

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Macuglia chegou ao Guarani após a décima rodada do Campeonato Paulista para substituir Luciano Dias, hoje no Oeste. Em quatro sob seu comando, a equipe campineira conquistou apenas um ponto, e agora ocupa a penúltima colocação, com dez pontos, em sério risco de rebaixamento.

Enquanto a diretoria procura um novo treinador, o técnico Cidinho, dos juniores do clube, assume interinamente o time profissional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.