Reprodução Twitter Guarani
Reprodução Twitter Guarani

Guarani deve ter três mudanças contra o América-MG pela Série B do Brasileiro

Bugre recebe mineiros neste sábado, no estádio Brinco de Ouro

Estadão Conteúdo

01 Novembro 2017 | 19h22

O técnico Lisca aproveitou o treino coletivo desta quarta-feira no gramado do estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP), para fazer várias experiências no time do Guarani que vai enfrentar o América-MG, neste sábado, em casa, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Estão praticamente definidas as entradas do zagueiro Willian Rocha, do volante Betinho e do meia Luis Fernando.

Rocha está confirmado, inclusive, no lugar de Diego Jussani, que recebeu o terceiro cartão amarelo no empate com o Goiás por 1 a 1, em Goiânia. No meio de campo, Betinho, que cumpriu automática, volta no lugar de Pablo e atuará como segundo volante ao lado do experiente Baraka. O lateral-direito Lenon, que não treinou na última terça-feira e preocupava, participou normalmente do coletivo.

A única dúvida é em relação a Luis Fernando, que treinou como titular na vaga do titular Fumagalli, poupado dois dias dos treinos. O mais provável é que Fumagalli, de 40 anos, seja mesmo poupado visando, inclusive, o próximo jogo diante do Ceará, na terça-feira da semana que vem, pela 34.ª rodada, em Fortaleza. Com 39 pontos, em 15.º lugar, o time campineiro ainda luta contra o rebaixamento.

A diretoria confirmou a liberação do atacante Rafael Silva. Ele estava machucado, tendo atuado oito vezes no time, apenas uma como titular. Mas provocou a ira da torcida e da direção ao responder críticas nas redes sociais e dizer que torcida boa é a do Vasco. Para levar mais público neste sábado ao Brinco de Ouro, a direção confirmou preços de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) e torcedor com a camisa do clube também pagando meia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.