Guarani e FPF: união contra rebaixamento

Se depender de apoio moral e financeiro da Federação Paulista de Futebol, o Guarani não será rebaixado no Campeonato Brasileiro. O presidente da entidade, Marco Polo del Nero, acompanhado de seu vice-presidente, Reinaldo Carneiros Bastos, estiveram nesta manhã no estádio Brinco de Ouro formalizando o apoio à luta do clube para evitar a queda para a Série B em 2005. De prático, além da promessa de apoio político, o adiantamento da verba do clube para que possa saldar seus débitos. Os valores antecipados em cima da cota de televisão do Guarani no Campeonato Paulista não foram revelados. Mas a operação foi considerada de rotina por Del Nero. "A Federação torce e defende seus filiados. O Guarani virou nossa prioridade", disse o dirigente. O dinheiro que chegar ao clube vai quitar dois meses de salários atrasados dos jogadores e também um mês de vencimentos de funcionários. A FPF também se comprometeu a ajudar os dirigentes campineiros na busca por reforços. A idéia é buscar ajuda nos outros clubes paulistas, como São Paulo, Palmeiras e Santos, além de eventuais clubes da Série B que não passem à segunda fase, como Portuguesa, Marília e Santo André. Por conta deste acordo, alguns jogadores podem chegar ao Brinco de Ouro com custo zero. Um dos esperados é o meia Ailton, do São Paulo, vice-campeão estadual pelo Paulista de Jundiaí. O presidente José Luiz Lourencetti não escondeu a confiança de que o time poderá se recuperar na Série A. "Mas precisamos da ajuda de todos os bugrinos: dirigentes, conselheiros, torcedores e até mesmo da imprensa. É hora de nos unir em prol da recuperação do Guarani", clamou o dirigente que assumiu a responsabilidade pelo departamento de futebol. A nova comissão técnica trabalha para motivar o elenco para o jogo contra o São Paulo, sábado, às 16 horas, no Morumbi. O zagueiro Carlinhos e o meia Patrick estão suspensos com três cartões amarelos e seus substitutos devem ser confirmados somente após o treino tático previsto para sexta-feira cedo no gramado do Brinco.

Agencia Estado,

26 Agosto 2004 | 15h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.