Guarani é mais um a vencer o América

O Guarani não deu chances para o lanterna América e venceu o time carioca, por 4 a 2, neste domingo à tarde, no estádio "Edson Passos", pela sexta rodada do Torneio Rio-São Paulo. O time de Campinas, agora, tem 11 pontos ganhos, dividindo a quarta posição com Botafogo, Corinthians e São Paulo. O América ainda continua sem marcar pontos, embora tenha feito seus dois primeiros gols na competição.O Guarani acabou respeitando demais o lanterninha América, ainda desentrosado, errando passes e com muita deficiência técnica. Posicionado com muitos cuidados defensivos e mostrando muita lentidão na saída de bola, o Guarani deu campo para seu adversário.Apesar disso, o time campineiro abriu o placar aos 13 minutos, numa bonita jogada individual de Marcinho, adaptado ao meio-campo para a entrada de Zé Afonso no comando de ataque. Após lançamento de Sangaletti, Marcinho enganou a marcação e, com categoria, bateu por cima do goleiro Max.Não deu tempo para comemorar, porque dois minutos depois aconteceu o empate. O zagueiro Tinho cruzou na medida para a cabeçada de Leonardo, que aproveitou o descuido da defesa.Logo no começo do segundo tempo, o Guarani passou à frente quando Edu Dracena, cobrando pênalti cometido por Leonardo sobre Marcinho, o melhor em campo. Aos 23 minutos, após uma jogada rápida de Léo pela direita, Dudu recebeu na entrada da área e deu um toque sutil para o fundo das redes de Max. O América voltou a diminuir aos 37 minutos, novamente com Leonardo.Desta vez, o volante cobrou pênalti com força, de perna direita, sem chances para o goleiro César. O Guarani ainda marcou mais um, de novo, com Marcinho, aos 39 minutos.

Agencia Estado,

17 de fevereiro de 2002 | 18h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.