Guarani é o primeiro a vencer no ABC

O Guarani quebrou a invencibilidade do São Caetano no Estádio Anacleto Campanella, no ABC, ao vencer por 2 a 0. Esta também foi a primeira vitória do time campineiro fora de Campinas no Campeonato Brasileiro, além de ser a primeira vez em jogos oficiais que superou o adversário, que manteve seus 26 pontos. O Guarani agora tem 24. Na sua nona apresentação em casa, o São Caetano se deu mal. Antes tinha vencido cinco adversários e empatado com três. Desta vez as ?invenções? do técnico Mário Sérgio não funcionaram. Ele tentou surpreender ao escalar o time no esquema 4-4-2, sacrificando o meia Capixaba como ala direito e deixando no banco Serginho, o hipotético terceiro zagueiro. O Guarani também entrou no mesmo esquema, mas com muita eficiência. Os volantes Émerson e Leandro Guerreiro ganhavam a marcação, apoiados pelos meias Simão e Alex.Só faltava encaixar melhor os contra-ataques. Quem assustou primeiro foi o São Caetano, com Mateus mandando a bola na trave direita de Jean, logo aos 10 minutos. Mas depois só deu Guarani. O time já tinha criado várias chances antes de abrir o placar aos 35 minutos, quando o lateral Ruy cruzou, Rodrigão desviou de cabeça e a bola tocou no peito do goleiro Silvio Luiz. Wagner entrou rápido para pegar o rebote e mandar para as redes. Aos 38 minutos, quase o Guarani ampliou, com Silvio Luiz defendendo duas vezes os chutes de Rodrigão e Alex. Mas, aos 43 minutos, ele não segurou a perfeita cobrança de falta de Alex: 2 a 0. Reconhecendo seus erros de escalação ou considerando seu time mal posicionado, Mário Sérgio fez três substituições no intervalo. Colocou Adhemar no lugar de Anaílson, Elivélton na vaga de Mateus e tirou Zé Carlos para a entrada de Marlon. O São Caetano, mesmo com tantas mudanças, ainda tentou diminuir os espaços do adversário. Mas não conseguiu, porque o Guarani se manteve firme na defesa e ainda soube explorar bem os contra-ataques. Marlon acertou a trave aos 19 e Marcinho acertou uma bela cabeçada aos 25 minutos. No final, Fábio Santos perdeu a cabeça dando uma entrada violenta em Esquerdinha. Enquanto o jogador do São Caetano foi expulso, o bugrino deixou o campo machucado. Na próxima rodada, o Guarani recebe o Vitória, quarta-feira, em Campinas, enquanto o São Caetano tentará a reabilitação diante do Bahia, em Salvador.

Agencia Estado,

13 de julho de 2003 | 18h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.