Janaína Ribeiro/AAN
Janaína Ribeiro/AAN

Guarani e Ponte Preta cancelam treino aberto antes do dérbi após grande polêmica

Rivais não vão realizar atividades em seus respectivos estádios, após pedido do Ministério Público e da Polícia Militar

Estadão Conteúdo

02 Maio 2018 | 19h30

Guarani e Ponte Preta marcaram para esta sexta-feira treinamentos abertos antes do dérbi deste sábado, a partir das 19 horas, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. As atividades, porém, foram canceladas pelos dois clubes após um pedido da Polícia Militar e do Ministério Público.

+ TEMPO REAL - Ponte Preta x Flamengo

O presidente da Ponte Preta, José Armando Abdalla Jr., se reuniu com as autoridades nesta quarta-feira e, depois de os clubes não chegarem a um acordo, a melhor saída foi cancelar os dois treinamentos, que serão realizados normalmente nesta sexta-feira, mas sem a presença dos torcedores.

Pela manhã, a Ponte Preta tentou um acordo com o Guarani, mas acabou ouvindo um "não" do presidente Palmeron Mendes Filho. A proposta feita foi que, como a partida de sábado será realizada no Brinco de Ouro da Princesa e apenas com torcedores bugrinos - o Ministério Público determinou que todos os clássicos do Estado de São Paulo sejam com torcida única -, apenas a Ponte Preta realizasse um treino aberto nesta sexta-feira. O contrário aconteceria no segundo turno, quando os dois times se enfrentam no estádio Moisés Lucarelli.

POLÊMICA

Toda a polêmica começou na última terça-feira, quando os dois clubes confirmaram o treinamento aberto para esta sexta - a Ponte Preta às 17 horas, no Moisés Lucarelli, e o Guarani às 18 horas, no Brinco de Ouro. A diretoria alvinegra diz que fez uma solicitação ao BAEP (Batalhão Especial da Polícia) na semana passada para realizar a atividade.

Os treinamentos nos mesmos horários poderiam causar um novo confronto entre torcedores organizados dos dois clubes. Na semana passada, 20 pessoas foram presas após confusões nos arredores do Brinco de Ouro da Princesa e também em frente ao 10.º Distrito Policial, que fica no Jardim Proença, bairro que abriga os estádios dos dois rivais centenários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.