Guarani em "jogo de seis pontos"

Na briga para ganhar posições e manter o sonho de ficar entre os primeiros colocados do Campeonato Brasileiro, o Guarani espera voltar a vencer em casa, neste domingo, às 16 horas, quando enfrenta o Criciúma, pela 28ª rodada.Como os dois times estão em posições parecidas, o técnico Barbieri considera o duelo como "jogo de seis pontos".O Guarani é 11ºcolocado, com 37 pontos, enquanto o Criciúma ocupa a sexta posição, com 42 pontos. Para vencer, o time campineiro não muda o esquema 4-4-2 e mantém os dois volantes marcadores - Emerson e Leandro Guerreiro. A esperança é pelo bom futebol do meia Alex e também para os gols dos atacantes, Wagner e Rodrigão, que voltaram a marcar no empate por 2 a 2 com o Atlético Mineiro. Eles são os artilheiros do time, respectivamente, com oito e nove gols. Mas o jovem Ricardo Lobo, promessa no clube, pode até ser a surpresa na escalação no lugar de Rodrigão."Como o time foi bem, não vejo motivo para mudar. Mas podemos usar outros jogadores durante o jogo" admite Barbieri, agora efetivado no cargo após 12 jogos. Ele alertou seus jogadores para que tenham cuidado com a velocidade dos contra-ataques do adversário e também com as jogadas de bola parada, escanteios e falta. "A maioria dos gols deles sai desta forma. Já tínhamos avisado sobre os pontos forte do Atlético e, assim mesmo, sofremos dois gols. Isso não pode acontecer", diz o técnico.No banco de reservas vão continuar dois meias de qualidades técnicas: o experiente Marquinhos e a promessa Dinelson. "São duas boas opções e que podemos usar durante o jogo", avisa o técnico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.