Guarani empata com Vitória e segue na zona da degola

Com o 1 a 1, time chega ao 10.º jogo sem vencer e segue dois pontos atrás dos rivais contra a queda

AE, Agência Estado

14 de novembro de 2010 | 19h29

O Guarani está com um pé na Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, o time apenas empatou com o Vitória, por 1 a 1, neste domingo à tarde, pela 35.ª rodada do Brasileirão. Esse resultado mantém os paulistas na zona de rebaixamento e o jejum de vitórias aumentou para dez jogos.

Veja também:

BRASILEIRÃO - tabela Classificação | lista Resultados

especial SIMULADOR DO BRASILEIRÃO

No entanto, os donos da casa voltaram a marcar depois de seis rodadas. Muito pouco para quem precisa de gols e de vitórias para evitar a volta imediata à segunda divisão nacional.

Com o ponto conquistado, o Guarani chegou aos 37 e perdeu uma posição, aparecendo na 18.ª colocação. Enquanto isso, o Vitória está com 39 pontos, em 16.º lugar, e é a primeira equipe hoje fora da zona de rebaixamento.

Contando com o apoio de sua torcida e sabendo que precisava vencer para deixar a zona de rebaixamento, o Guarani foi melhor durante todo o primeiro tempo, mas pecava no último passe nas jogadas ofensivas.

O lance de maior perigo aconteceu aos 24 minutos. Barboza cruzou para a área, o zagueiro falhou e a bola sobrou livre para o jovem Douglas, que chutou errado, mandando ao lado do gol de Viáfara.

O Vitória apostava no contra-ataque, mas esbarrava na forte marcação do sistema defensivo campineiro, tanto que o goleiro Emerson quase não pegou na bola. Por azar, dois baianos - Jonas e Ramon - foram substituídos por contusões.

O Guarani voltou melhor do intervalo, mas perdeu grandes chances e acabou sendo surpreendido em um rápido contra-ataque aos 32 minutos. Egídio foi até a linha de fundo e cruzou para Adaílton, que estava livre e completou para as redes.

No entanto, os torcedores do Vitória tiveram pouco tempo para comemorar. Três minutos depois, Geovane cobrou escanteio com perfeição e acabou fazendo um gol olímpico. O time não marcava desta forma no Brinco de Ouro desde o dia 6 de agosto de 1986. Chiquinho Carioca fez para o Guarani na vitória, por 3 a 1, sobre o Novorizontino, pelo Campeonato Paulista.

O Guarani volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Flamengo, às 19h30, no Rio de Janeiro, pela 36.ª rodada. Enquanto isso, o Vitória recebe o líder Corinthians no domingo, às 17 horas, no Estádio Barradão, em Salvador.

GUARANI - 1 - Émerson; Apodi, Aislan, Ailson e Márcio Careca; Maycon, Paulinho (Paulo Roberto), Preto e Barboza (Reinaldo); Mazola e Douglas (Geovane). Técnico: Vágner Mancini.

VITÓRIA - 1 - Viáfara; Rafael Cruz, Anderson Martins, Gabriel e Jonas (Thiago Martinelli); Uellington, Neto Coruja, Bida e Ramon (Egídio); Júnior e Elkeson (Adaílton). Técnico: Antônio Lopes.

Gols - Adailton, aos 32, e Geovane, aos 35 minutos do segundo tempo; Árbitro - Evandro Rogério Roman (FIFA-PR); Cartões amarelos - Douglas, Ramon, Neto Coruja, Apodi, Gabriel, Bida e Preto; Renda - R$ 30.952,00; Público - 6.051 pagantes; Local - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.